Publicado em: 03/01/2017 - Última modificação: 19/01/2017 - 16:32
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Ecoponto dá destino reciclável a descarte de pneus usados e ajuda no combate à dengue

SUSTENTABILIDADE - Local funciona de segunda a sexta, das 9 às 11 e das 13 às 16 horas, na Avenida Harry Forssell, 1.505, no Jardim Sabaúna



Ecoponto dá destino reciclável a descarte de pneus usados e ajuda no combate à dengue

Compatilhar:

Você sabia que o descarte inadequado de pneus aumenta o risco da proliferação do mosquito da dengue? Ou que o reaproveitamento destes materiais, também chamados de inservíveis, cresceu no País? Em 2014 a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip) mostrou que mais de 223 mil toneladas de pneus foram levadas para a reciclagem. Destinação que a Prefeitura de Itanhaém dá aos resíduos encaminhados ao Ecoponto de Pneus, localizado no Terminal Rodoviário Municipal, na Avenida Harry Forssell, 1.505, no Jardim Sabaúna, com funcionamento de segunda a sexta, das 9 às 11 e das 13 às 16 horas.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Twitter e no Facebook

Sob a supervisão da Secretaria de Serviços e Urbanização, equipes responsáveis pelo Ecoponto de Pneus orientam que os inservíveis, armazenados em Itanhaém, devem ser transportados e descarregados pelo depositante e não podem conter água acumulada em seu interior. Os materiais devem ser descartados por pessoa física ou empresa geradora de resíduo sólido (apenas pneus inservíveis).

Sempre que chega próxima a uma tonelada, a Reciclanip, órgão da Anip, entidade sem fins lucrativos incumbida de dar destinação ambientalmente adequada ao resíduo, é acionada para o recolhimento e o reaproveitamento de pneus que podem ser transformados em combustível a indústria de cimento, fabricação de asfalto-borracha, origem de tapetes, pisos para quadras poliesportivas, solas de calçados e dutos de águas pluviais, em atendimento ao que determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que propôs a logística reversa.

“Com o crescimento da frota de veículos do Brasil, aumenta também o descarte de pneus inutilizados. Quando jogada ao meio ambiente, a borracha do pneu leva anos para se decompor, polui o meio ambiente e ajuda na proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Por isso, é extremamente importante que a população esteja consciente e nos ajude nesta causa. O melhor caminho é a reciclagem”, ressalta a responsável pelo departamento de Saneamento Básico, Ângela Maria Andrade Cantinho Silva.

O Ecoponto, instalado na Cidade desde 2014, destinou até o momento 5.135 pneus, o que representa mais de 35 toneladas encaminhadas à Reciclanip. Em caso descarte irregular de resíduos em áreas públicas, privadas e protegidas, o responsável pode ser penalizado com aplicação de multa, conforme lei municipal 4.111 de 2016.

Profissionais da Secretaria de Saúde encontraram pneus abandonados em vias públicas da Cidade mesmo após ter intensificado as ações de combate à dengue nos bairros. “É muito importante que a população esteja ciente em dar um descarte correto aos pneus, pois encontramos muitos destes objetos em terrenos baldios e isso contribui para a proliferação do Aedes. Estamos sempre fazendo campanhas de conscientização. É essencial a colaboração dos moradores”, explica a responsável pela área de educação do Departamento de Vigilância, Sandra Santos.


Palavras-chave: , ,