Publicado em: 03/02/2017 - Última modificação: 03/02/2017 - 18:13
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Mais de 16 mil alunos retornam às aulas nesta segunda-feira (6)

EDUCAÇÃO - Prefeitura segue investindo em qualidade de ensino e em ampliação da estrutura das unidades escolares



Aluna - Sala de Aula
O calendário escolar terá a duração de 200 dias letivos, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9.394/1996)

Compatilhar:

Na próxima segunda-feira (6), mais de 16 mil alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental retornam às aulas na Rede Municipal de Ensino. E para atender bem toda esta demanda, a Prefeitura de Itanhaém segue investindo em qualidade de ensino e em ampliação da estrutura das unidades escolares, além de garantir merenda, transporte, uniformes e kits escolares.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O calendário escolar terá duração de 200 dias letivos, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9.394/1996). Para os professores, os trabalhos começaram na última quarta-feira (1º), com o retorno às unidades escolares para acolhimento e planejamento escolar.

A rede pública de Itanhaém conta com mais de 18.600 estudantes, divididos entre creche, ensino infantil e fundamental. No entanto, as creches (mais de 2.500 crianças) retomaram as atividades no começo do mês de janeiro.

O secretário de Educação, Cultura e Esportes, Tiago Cervantes, afirma que este ano os investimentos no setor seguirão sendo prioritários para o Governo. “Temos um corpo docente muito qualificado, e seguimos investindo na qualificação do ensino, como mostra os resultados do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Além da construção da escola do Gaivota, ainda este ano iniciaremos a construção de duas novas creches e, já em andamento, reforma e ampliação em oito unidades escolares. Também já garantimos mais de R$1 milhão em reforma de outras escolas”.

IDEB – O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostrou dados positivos de 2015 sobre as escolas de Itanhaém. Nos anos iniciais (5º anos), a Cidade superou a média estabelecida pelo Ministério da Educação com a pontuação de 6,2, ultrapassando a meta indicada para 2019, que é de 6,1. O índice apresentou Itanhaém como a Cidade que obteve o melhor desempenho da Região Metropolitana da Baixada Santista. Já nos anos finais (9º anos) do Ensino Fundamental, o Município atingiu 4,7, um crescimento de dois pontos se comparado a 2013 (4,5).

REFORMAS E AMPLIAÇÕES – Além do investimento na qualidade de ensino, a Prefeitura segue com a reforma e ampliações das unidades escolares. Em construção, a maior escola da Cidade, que está sendo erguida no Gaivota e irá atender 1.000 alunos, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Em obras de reforma e ampliação estão as escolas municipais Filomena Dias Apelian (Bopiranga), Ignêz Matins (Loty) e Creche Jeanette Sciasci Casarin (Loty).

Em fase final estão E. M. Maria Graciette Dias (Belas Artes) e Creche Carlos Mayer Filho (Savoy). Em andamento, E. M. Profª Maria Conceição Luz (São Fernando), E. M. Profª Divani Maria Cardoso (Loty) e E.M. Edson Baptista de Andrade (Oásis).

No final de 2016, a Prefeitura realizou a pintura das creches Joana Maria do Nascimento (Ivoty), Maria Cristina de Macedo Gomes (Parque Novaro), Nádia Rezek Barbosa (Suarão) e São José II (Anchieta).

UNIFORMES E KITS ESCOLARES – A Prefeitura de Itanhaém, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, homologou as licitações para a compra dos uniformes e kits escolares para atender mais de 18 mil alunos da Rede Municipal de Ensino para o ano letivo de 2017. As entregas estão programadas para iniciar logo depois do Carnaval e devem terminar no final de março.

MERENDA ESCOLAR – A merenda escolar é oferecida a 25 mil estudantes da educação infantil, ensino fundamental, médio, técnico e projetos educacionais, além das escolas indígenas da Aldeia do Rio Branco e Tangará. Os pratos são nutritivos e adotam os padrões exigidos pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar e a Recomendação Diária Alimentar, levando em consideração 350 calorias, tendo ainda de 9 a 12 gramas de proteínas para alunos da educação infantil, fundamental e escolas estaduais.

TRANSPORTE ESCOLAR – A Prefeitura garante também o transporte para mais de três mil crianças diariamente para as unidades municipais e estaduais com segurança, agilidade e conforto durante todo o caminho, passando por áreas rurais e urbanas da Cidade. Os estudantes beneficiados seguem os critérios que priorizam o atendimento: moradores de área rural, pessoas com deficiência, estudantes com problemas crônicos de saúde e alunos que residem a uma grande distância da escola, onde haja obstáculos que impeçam ou dificultem o acesso do aluno à escola.


Palavras-chave: , , ,