Publicado em: 07/02/2017 - Última modificação: 07/02/2017 - 18:49
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Jovens atletas do vôlei de Itanhaém são selecionados por equipe profissional

ESPORTE - Diego e Henrique, que começaram a jogar vôlei em 2015, vão atuar pelas categorias de base de equipe profissional em São Caetano



Garotos mostram sua coleção de medalhas e troféus
Garotos mostram sua coleção de medalhas e troféus

Compatilhar:

Que Itanhaém é um celeiro de talentos no esporte, isso não se discute. Por meio do programa Aqui Tem Esporte, a Cidade tem levado diversas modalidades para os mais jovens e gerado novas oportunidades. Os exemplos mais recentes são os jogadores de vôlei Diego Policarpo e Henrique Nogueira, que integrarão a base da equipe profissional de São Caetano.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A transferência dá continuidade a uma longa parceria: os dois garotos se conheceram na 6ª série, o 7º ano hoje, da Escola Municipal Professora Silvia Regina Schiavon Marasca. Ambos queriam jogar futebol, mas ao longo do caminho acabaram mudando de ideia. “Meu pai (sr. Douglas) viu uma matéria sobre o vôlei e disse que praticá-lo seria bom para a minha impulsão”, explicou Diego, de 15 anos. “Quando eu vi que estava dando certo, aí eu me dediquei ainda mais ao vôlei”.

Se o caminho de um foi alterado por uma dica do pai, o de Henrique veio por insistência do próprio Diego. “Os Jogos Escolares estavam prestes a começar (em 2015). Eu nunca tinha jogado vôlei, mas fui treinar após uma recomendação do próprio Diego”, disse Henrique, de 16 anos. “Eu precisava de um colega para completar o time e insisti bastante”, confessou o amigo.

A experiência deu certo. Juntos, eles foram aproveitados pelo professor da Seleção de Itanhaém, Leandro Menezes, que logo identificou o talento deles. Henrique trocou a habilidade com os pés pela segurança com as mãos: tornou-se líbero do time itanhaense. Já Diego é ponteiro, responsável direto por boa parte dos pontos marcados.

Eles fizeram parte da equipe infantil da Cidade, porém logo começaram a jogar entre os juvenis. Por esta categoria, disputaram os Jogos Abertos da Juventude, a Copa São Paulo (ficando entre os três melhores colocados da Baixada Santista) e venceram a Copa Base.

Após anos de dedicação ao time de Itanhaém, chegou a hora de continuar o sonho. Os dois garotos foram participar de várias peneiras – processo em que novatos são selecionados por equipes profissionais – todas em clubes de elite de São Paulo. Entretanto, o destino quis que apenas uma fosse necessária e os dois foram aprovados no teste inicial por São Caetano.

Mesmo com mais uma conquista, Diego ainda mantém os pés no chão. “Espero melhorar muito ainda. São Caetano tem uma equipe muito boa na base. A Cidade é muito boa nos estudos. Caso não dê certo no vôlei, quero estudar bastante e entrar numa faculdade, onde eu poderia até mesmo continuar jogando”.

Com relação ao professor, o sentimento dos jovens pode ser definido em uma palavra: gratidão. “O Leandro é ótimo como técnico e também como pessoa. Ele sempre trazia treinos diferentes, específicos para cada posição e cada jogador, e para quem quisesse aprender de verdade ele estava lá para ajudar”, disse Henrique.

O professor retribuiu: “Nós colhemos o que plantamos. Eles treinaram firme e agora terão a chance de realizar seus sonhos. Sei que lá, em São Caetano, eles vão evoluir muito mais. Desejo muita sorte nesta jornada, muito treino e muito voleibol”.

NOVOS TALENTOS – Quer inscrever o seu filho na turma de iniciação da Seleção de Voleibol de Itanhaém? Os interessados devem conversar com o professor Leandro Menezes às segundas, quartas e sextas (das 14h00 às 16h30) no Departamento de Esportes do município, localizado dentro do Centro Municipal Tecnológico de Educação, Cultura e Esportes (CMTECE), na Avenida Condessa de Vimieiros, 1.131, Centro.

É necessário levar uma foto 3×4, além de cópias de RG, CPF e comprovante de residência. No caso dos jovens, eles devem ser acompanhados por um responsável no ato da matrícula. As inscrições também estão abertas para a turma de iniciação adulta feminina. O prazo vai até o Carnaval.


Palavras-chave: , , ,