Publicado em: 23/02/2017 - Última modificação: 01/03/2017 - 12:26
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

SAMU alerta população sobre riscos de trotes neste feriado de Carnaval

ATENÇÃO - É preciso conscientização de todos, pois uma simples brincadeira pode deixar de salvar vidas



Atendimento SAMU 192
É importante ressaltar que a agilidade é essencial quando a questão é salvar vidas e os trotes são os principais empecilhos nos primeiros socorros às vítimas

Compatilhar:

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Itanhaém preparou uma programação especial para garantir a segurança da população local e dos turistas que estarão na Cidade durante o Carnaval. Porém, um dos grandes problemas enfrentados pela equipe são as ligações falsas, ou seja, os famosos trotes. É preciso a conscientização de todos, pois uma simples brincadeira pode deixar de salvar vidas.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Dados apontam que em 2016 foram recebidas 68.970 ligações na Cidade. Destas, 6.639 foram trotes, isto é, chamadas para falsas ocorrências foram responsáveis por 9,6% do total. É importante ressaltar que a agilidade é essencial quando a questão é salvar vidas e os trotes são os principais empecilhos nos primeiros socorros às vítimas.

O coordenador-geral do SAMU Itanhaém, Dr. Jonatas Pimentel, alerta que este é um grande problema enfrentado diariamente. “As pessoas devem ter conhecimento do quanto é errado fazer o trote, pois além de nos atrapalhar, podemos deixar de salvar alguém”, afirma. O médico relata ainda que as pessoas, em sua maioria, ligam informando uma ocorrência falsa ou endereço errado, e isso também dificulta o atendimento. “O que mais atendemos são traumas (decorrentes de tombos, acidentes de moto, atropelamentos e acidentes de trânsito em geral). Chegamos ao local e não tem nada, ou o endereço não confere. Nesse meio tempo, pode ter alguém precisando de atendimento de verdade”, desabafa o coordenador do SAMU, que pede conscientização por parte da população.

REFORÇO NO CARNAVAL – Haverá uma Unidade de Suporte Básico (USB) reforçando o atendimento nas programações realizadas pela Prefeitura, além das três USBs e uma Unidade de Suporte Avançado (USA) que já atendem o Município. Um total de 92 profissionais entre médicos, técnicos de enfermagem, enfermagem, condutores e telefonistas auxiliares de regulação médica trabalharão no período, para cobrir os atendimentos no Carnaval.

REGIONAL – O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) Regional – Litoral Sul é responsável pela regulação de atendimento de seis municípios: Praia Grande, Mongaguá, Peruíbe, Pedro de Toledo e Itariri, além de Itanhaém (município sede da Regulação).


Palavras-chave: , ,