Publicado em: 06/03/2017 - Última modificação: 07/03/2017 - 18:19
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Contribuinte já pode declarar o seu Imposto de Renda

PRAZO - Entrega da declaração pode ser realizada até o dia 28 de abril



Imposto de Renda
Atualmente, Itanhaém conta com aproximadamente quarenta profissionais estabelecidos na área

Compatilhar:

Desde o último dia 2, a Receita Federal já começou a receber as declarações do Imposto de Renda de 2017, tanto de pessoas físicas quanto jurídicas. O prazo vai até o último minuto do dia 28 de abril. Em Itanhaém, os contadores já estão preparados para um possível aumento na demanda.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Luiz Evaldo Pinto, de 54 anos, alerta para que as pessoas não deixem suas obrigações para a última hora: “Há muito tempo, a Receita Federal não estende mais o prazo para entrega das declarações. Até hoje tem gente que acredita que o prazo vai ser prorrogado e precisa correr nos últimos dias”.

De acordo com a Receita, o lote inicial das restituições sairá em 16 de junho. Pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, portadores de doença grave e de deficiência física ou mental têm prioridade, assim como aqueles que entregarem com maior antecedência – desde que sem qualquer erro.

Nos primeiros dias, Luiz ainda não notou um aumento significativo em relação ao mesmo período do ano passado, mas ressalta: “Como a tabela progressiva do imposto de renda está muito defasada, a cada ano aumenta o número de contribuintes, pois acabam se enquadrando na obrigatoriedade de entrega da declaração”.

Para quem está fazendo pela primeira vez, a recomendação é procurar um profissional capacitado. “Elaborar uma declaração do imposto de renda não é tão simples quanto pode parecer. O Regulamento do Imposto de Renda, Decreto Lei n.º 3.000 de 26/03/1999, possui mais de 1.000 artigos”.

“São muitas as situações que precisam ser devidamente interpretadas para serem declaradas de forma que não venham causar transtornos ao contribuinte. Não são raros os casos de pessoas que nos procuram para retificar declarações, pois confiou no amigo que disse que sabia fazer e acabou prestando informações equivocadas”.

“Cabe ressaltar que uma informação equivocada que não seja retificada poderá ser reprocessada de ofício pela Receita Federal e o resultado pode ser desastroso, pois sobre o valor do imposto apurado nesse reprocessamento, poderá incidir multa de 75% sobre o valor do imposto devido, além dos juros do período”, finalizou.

Atualmente, Itanhaém conta com aproximadamente quarenta profissionais estabelecidos na área. Desta forma, além da elaboração, o contribuinte pode se informar sobre os documentos necessários. Já a declaração em si deverá ser feita pelo programa online IRPF 2017, com compatibilidade para Windows, Android, iOS, entre outros. Confira no link: https://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2017/download


Palavras-chave: ,