Publicado em: 06/03/2017 - Última modificação: 06/03/2017 - 19:58
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Novos livros didáticos chegam às escolas municipais

EDUCAÇÃO - Secretaria de Educação, Cultura e Esportes recebeu materiais dos governos estadual e federal



Aluno da Rede Municipal
O material é utilizado por oito das nove cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista

Compatilhar:

Pensando em elevar a qualidade de ensino nas escolas públicas da Cidade, a Prefeitura de Itanhaém, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, decidiu pela substituição do material didático utilizado pelos alunos do Ensino Fundamental, após consulta com professores, diretores e coordenadores das unidades escolares do Município. No retorno das aulas, no último dia 6, os alunos já começaram a receber o novo material.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Até o ano passado, a coleção de livros utilizada em sala de aula era um sistema apostilado, adquirido com recursos próprios. “Abrimos uma consulta entre todas as unidades escolares e o corpo docente definiu qual era o melhor sistema a ser adotado na Cidade”, afirmou o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Tiago Cervantes.

A Prefeitura recebeu materiais dos governos estadual e federal. Do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, os livros são do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), enquanto que os alunos do 1º ao 5º ano vão receber os livros do Programa Ler e Escrever, na disciplina de Língua Portuguesa.

O mesmo material é utilizado por oito das nove cidades da Região Metropolitana da Baixada Santista. “Estamos realizando uma gestão democrática no ensino público. Recebemos muitos pedidos para que Itanhaém passasse a utilizar este material dos governos federal e estadual. A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes tem que ser um grande canal de comunicação com pais, professores, funcionários, alunos e todos que fazem parte do dia a dia das unidades escolares”.

Os professores de cada escola escolheram um livro didático da lista geral do Ministério da Educação, durante as discussões da hora de trabalho pedagógico coletivo (HTPC). Após isso, cada escola nomeou um representante para definir junto à Secretaria de Educação, Cultura e Esportes qual coleção de livro seria utilizada em toda a Rede Municipal de Ensino.

Itanhaém tem um currículo comum em todas as unidades escolares e a adoção de uma mesma coleção para todos os estudantes da rede facilita a adaptação daquele aluno que por ventura necessite de uma mudança de escola durante o ano letivo.

PARCERIAS – Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) é um programa do Ministério da Educação que tem por objetivo prover as escolas públicas de ensino fundamental e médio de livros didáticos e acervos de obras literárias, complementares e dicionários. Em 2017 serão 128 milhões de exemplares de livros do PNLD, beneficiando mais de 32 milhões de alunos em 117 mil escolas públicas de todo o país.

Já o Programa Ler e Escrever, uma parceria da Prefeitura de Itanhaém com o Governo do Estado de São Paulo, é conjunto de ações voltado aos estudantes do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental que incluem formação, acompanhamento, elaboração e distribuição de materiais pedagógicos com o objetivo de promover a melhoria do ensino, e que já alfabetizou 95% das crianças de até 7 anos. O método é usado em 404 municípios paulistas, com 1,6 milhões de alunos beneficiados e mais de 65 mil professores envolvidos.


Palavras-chave: , , , ,