Publicado em: 06/04/2017 - Última modificação: 01/06/2017 - 14:21
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Unidades de saúde têm grupos para prevenção e combate a doenças

BEM-ESTAR - Atividades são gratuitas e servem justamente para a prevenção básica da saúde



Grupo Hiperdia
Unidades de Saúde da Família atendem a população por meio de grupos de tabagismo, Hiperdia (hipertensos e diabéticos), terapia comunitária, obesidade e dança circular

Compatilhar:

Prevenir é melhor do que remediar, já diz o ditado. E é sobre isso que a Prefeitura de Itanhaém, por meio de diversos grupos oferecidos nas Unidades de Saúde da Família (USFs), quer conscientizar a população. As atividades são gratuitas e servem justamente para a prevenção básica da saúde. Dança circular, grupos hipertensos e diabéticos (Hiperdia), de tabagismo (para aqueles que querem parar de fumar) e obesidade são alguns dos exemplos oferecidos aos munícipes.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Dança circular e terapia comunitária, inclusive, são os novos procedimentos incluídos na Política Nacional de Práticas Integrativas, do Ministério da Saúde. No primeiro, as pessoas formam um círculo no qual dançam ao som de músicas de várias origens. Os movimentos são feitos passo a passo até o momento em que todos conseguem fazer ao mesmo tempo e no mesmo ritmo, muitas vezes de mãos dadas, o que propicia a integração entre os membros da roda. Os benefícios associados à dança circular são a cooperatividade e a concentração.

A atividade é realizada todas as quintas-feiras no período da manhã na USF do Savoy, localizada na Rua Jaime Lino dos Santos, 290, Savoy. Para participar, basta comparecer à Unidade.

Já o grupo de terapia comunitária auxilia pacientes que são diagnosticados como fatores de risco, geralmente idosos ou pessoas que vivem sozinhas. “Quando surgiu o grupo percebemos que o índice de depressão caiu muito. Os resultados são positivos. A maioria dos problemas físicos é causada por aspectos emocionais e em muitos pacientes conseguimos reduzir o quadro desses sintomas, além da medicação”, explica Luciana Nakai Kohatsu, psicóloga e supervisora técnica da USF Suarão, onde acontece a atividade. A população também conta com o atendimento em mais duas unidades, Belas Artes e Loty.

Pioneira no Município, a USF Loty começou no mês passado um grupo de obesidade. No local, reúnem-se os pacientes que querem perder peso e os encontros são realizados uma vez ao mês. “Os atendimentos serão feitos com médico, psicólogo, nutricionista, endocrinologista, preparador físico e agentes comunitários de saúde”, explica a diretora do Departamento de Atenção Básica, Heidi Dominiscki Luz.

Promover a saúde de pacientes que sofrem de hipertensão e diabetes é uma das missões dos grupos Hiperdia, oferecidos em todas as USFs da Cidade. Palestras, orientações, caminhadas, alongamentos e ginástica são algumas das várias atividades oferecidas.

Já para aqueles que precisam de ajuda para deixar o cigarro, Itanhaém também oferece gratuitamente o Grupo de Tabagismo. O programa, que é do Ministério da Saúde (assim como os outros), tem como objetivo auxiliar aqueles que desejam parar de fumar, mas não conseguem sozinhos. As USFs Oásis, Belas Artes e Suarão atendem a população que busca parar com o vício, já que o tabagismo é a principal causa de morte evitável do mundo. Os participantes são acompanhados por médico, psicólogo e enfermeiro. Para participar, as pessoas que moram nas regiões pertencentes a estas unidades de saúde devem procurá-las.


Palavras-chave: , ,