Publicado em: 10/04/2017 - Última modificação: 11/04/2017 - 10:27
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Cursos miram visão de mercado e postura profissional

CAPACITAÇÃO - Aulas são do Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ); atividade iniciou no último dia 3 para cerca de 60 alunos de Itanhaém



Curso Profissionalizante - Vendas
Os cursos têm duração de 40 dias úteis e um total de 160 horas

Compatilhar:

Entrar no mercado de trabalho está cada vez mais concorrido. Garantir uma vaga de emprego é uma tarefa que exige dedicação, especialização e atenção à postura profissional. Assuntos determinantes que são discutidos nos cursos profissionalizantes de Porteiro e de Técnica de Vendas, oferecidos desde o último dia 3, quando as atividades iniciaram para cerca de 60 alunos do Município.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

As aulas têm duração de 40 dias úteis e um total de 160 horas, divididas em habilidades gerais – com reforço do ensino básico (português, matemática, conhecimentos gerais e cidadania) – e específicas, com aulas teóricas e práticas sobre a profissão. A capacitação faz parte do Programa Estadual de Qualificação da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (PEQ/SERT) e é desenvolvida no Centro de Treinamento Profissionalizante de Itanhaém (CETPI).

ALUNOS – Em busca do ensino profissionalizante, Vanessa da Silva Cândido, de 35 anos, é aluna do curso de Porteiro e sonha com uma oportunidade. Há anos trabalhou como auxiliar de limpeza em condomínios e acredita que, com as aulas, estará qualificada para algum serviço na área. “Concluí o Ensino Médio, mas não tive como cursar uma faculdade. Às vezes as pessoas acham que para algumas funções não há necessidade de especialização, mas é exatamente o contrário. Estou aprendendo muito com essas aulas”, diz a moradora do bairro Iemanjá.

Outro que chamou a atenção de Gabriel Barbeti Marcola, de 25 anos, é o de Técnica em Vendas. Ele é formado em gestão de Recursos Humanos, mas busca se especializar em outras áreas. “Eu tenho nível superior desde 2015. Fiz a faculdade e morava em São Paulo. Lá, trabalhei com vendas, gosto de lidar com pessoas. Estou aqui em Itanhaém há três meses. O conteúdo deste curso é muito bom, o professor debate sobre diversos temas com toda a turma”, conta. “Estou disposto a aprender, conhecimento nunca é demais”.

Embora os cursos tenham propostas diferentes, o ensino, segundo o professor Davi Alexandre Martins de Barros, se cruza com as exigências de trabalho que estudam a postura profissional, visão de mercado, imagem pessoal e profissional. “Além dos conhecimentos específicos, eles têm apostila e materiais que são baseados justamente na questão da relação interpessoal. Por trás de toda marca, tem seres humanos que se comunicam e querem ser bem atendidos por outra pessoa”, ressalta Martins, formado em gestão de Recursos Humanos, que tem 16 anos na área docente com projetos socioeducacionais.

ABERTURA – A aula inaugural contou com a presença do chefe de gabinete da Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho, Luciano Martins Lourenço e também do secretário Municipal de Relações do Trabalho, José Renato Costa de Oliva.


Palavras-chave: , , ,