Publicado em: 10/04/2017 - Última modificação: 17/04/2017 - 18:47
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Qualificar para empregar: investimento em capacitação atende 1.304 pessoas em 51 opções de cursos

CARREIRA - Em Itanhaém, aqueles que têm a intenção de obter um diploma a mais ou migrar para uma nova área encontram diversos cursos gratuitos em diferentes segmentos



Larissa Alves de Souza, de 16 anos, é a aluna mais nova do curso de Escola da Moda
Larissa Alves de Souza, de 16 anos, é a aluna mais nova do curso de Escola da Moda, realizado no Fundo Social de Solidariedade

Compatilhar:

Para se destacar no mercado de trabalho é preciso que o profissional esteja sempre atualizado e busque cursos que tragam um conhecimento a mais à sua profissão. Em Itanhaém, aqueles que têm a intenção de obter um diploma a mais ou migrar para uma nova área encontram diversos cursos gratuitos em diferentes segmentos como Alimentação, Artesanato, Comércio, Segurança, Informática, entre outros. Neste ano, 1.304 pessoas participam de 51 cursos desde o início do ano.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O Fundo Social de Solidariedade, por exemplo, abriu inscrições para três cursos e 120 pessoas se inscreveram: Confecção de Ovos de Páscoa, Padaria Artesanal e Escola da Moda. Estes dois últimos, em parceria com o Governo do Estado. Larissa Alves de Souza, de 16 anos, é a aluna mais nova do curso de Escola da Moda. “Quero fazer faculdade de Moda e este curso me ajudará a ter uma base na área. Estou gostando muito das aulas e aprendendo bastante”.

A professora Maria Salvadora explica que o curso tem duração de três meses e os alunos aprendem desde o básico, com a máquina, até a confecção. “Vários alunos que se formaram hoje ganham dinheiro com a costura. É um curso que também pode aumentar a renda familiar”.

O Centro de Treinamento Profissionalizante de Itanhaém (CETPI) ofereceu à população diversos cursos e 874 vagas foram preenchidas nas áreas administrativa, elétrica, refrigeração, informática, beleza e artesanato. A iniciativa faz parte do Programa Mais Oportunidades, da Prefeitura, que visa ampliar as possibilidades de colocação no mercado de trabalho. A finalidade do programa é promover a qualificação e a formação profissional de nível básico junto à população, conforme as demandas.

Já a Casa da Mulher, um espaço onde o público feminino tem a oportunidade de participar de diversos cursos gratuitos que estimulam a geração de renda, capacitando 200 mulheres. As aulas são distribuídas em oito cursos, entre eles: Pintura em Tecido, Patchwork, Biscuit, Crochê, Corte de Cabelo, Manicure, Atendimento ao Cliente e Auxiliar Administrativo.

A Secretaria de Relações do Trabalho é responsável por capacitar 110 pessoas em três cursos: Pintura (já encerrado, com 50 alunos), por meio do Programa Via Rápida Expresso, e Portaria e Técnica de Vendas, do Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ). No curso de Pintura os participantes tiveram a oportunidade de aprender como identificar e resolver problemas na superfície em que serão aplicadas as técnicas de pintura e o acabamento final e outras técnicas.

Já os cursos de Portaria e Técnica de Vendas, com 60 alunos, os alunos têm aulas divididas em habilidades gerais – com reforço do ensino básico (português, matemática, conhecimentos gerais e cidadania) – e específicas, com aulas teóricas e práticas sobre a profissão.


Palavras-chave: , ,