Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 28/04/2017 - Última modificação: 02/05/2017 - 14:08
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Eleitor tem até hoje (2) para evitar cancelamento do título e regularizar situação

SERVIÇO - Interessados devem comparecer ao Cartório Eleitoral



Compartilhar:

Eleitores que estão há três eleições consecutivas sem votar ou justificar e ainda não regularizaram a situação por meio do pagamento de multa terão uma última chance. Para isso, deverão comparecer até hoje (2), das 12 às 18 horas, ao Cartório Eleitoral, na Rua Professora Dinorá Cruz, 71, Centro.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O procedimento é simples, rápido e não há necessidade de agendamento. O Cartório Eleitoral imprime o boleto com o valor da multa – R$ 3,51 para cada turno em que se deixou de votar – e o eleitor deverá ir até o banco ou lotérica para pagá-lo. Depois, precisará voltar ao Cartório com as multas pagas, munido de comprovante de residência e de um documento oficial com foto.

A consulta da situação do título e a impressão do boleto também podem ser feitas diretamente pelo site do Tribunal Superior Eleitoral (http://www.tse.jus.br/). Na Baixada Santista, 24.609 munícipes podem ter o título de eleitor cancelado caso não regularizem a situação com o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP). Deste total, 1.677 são moradores de Itanhaém.

TÍTULO CANCELADO – Caso o eleitor deixe de regularizar a sua situação, ele pode ser impedido, por exemplo, de obter passaporte, participar de concursos públicos, assumir cargo ou função pública, renovar matrícula em estabelecimentos oficiais de ensino e conseguir empréstimos na Caixa Econômica Federal (CEF).


Palavras-chave: , ,