Publicado em: 06/09/2017 - Última modificação: 12/09/2017 - 15:21
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Projeto ambiental ensina alunos da Rede Municipal sobre nascentes de rios

MEIO AMBIENTE - A apresentação faz parte do projeto “Olhar para as nossas águas”, que tem o objetivo de levar conhecimento a respeito dos nossos recursos naturais



A palestra baseou-se na Lei Municipal 3.575/2009, que dispõe sobre a preservação, cadastramento, monitoramento e recuperação das nascentes existentes no Município

Compatilhar:

Nesta terça-feira (5), a Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente realizou, em parceria com a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, uma palestra explicativa sobre as nascentes de rios em Itanhaém, para os alunos dos 6º e 7º anos da Escola Municipal Maria Aparecida Soares Amêndola, no bairro Nossa Senhora do Sion. A apresentação faz parte do projeto “Olhar para as nossas águas”, que tem o objetivo de levar o conhecimento a respeito dos nossos recursos naturais à rede pública de ensino da Cidade.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A palestra foi ministrada pela coordenadora do setor de educação ambiental de Itanhaém, Roseli Raunaimer. Segundo ela, o foco não é apenas conscientizar sobre o uso da água: “Nós buscamos passar um olhar diferenciado para os pequenos. Obviamente, ensinamos a importância dos rios e até onde podemos utilizar seus recursos, mas o principal de nossa apresentação é explicar como onde eles nascem”, conta.

A palestra baseou-se na preservação, cadastramento, monitoramento e recuperação das nascentes existentes no Município, e teve como destaque a nascente do Rio Branco, que fica na região do Mambu. Durante a apresentação, a criançada aprendeu sobre como são formadas as nascentes, a importância delas e seus tipos, bem como causas de degradação. Além disso, houve uma dinâmica com os alunos, que foram participativos com perguntas e contaram experiências vividas em relação aos rios da Cidade.

A aula foi assistida pela diretora da escola, Sandra Regina, e pela assessora pedagógica Alessandra Cavalcante. “Estamos preparando os futuros cidadãos daqui, portanto, é necessário que eles estudem e conheçam para contribuir com a sociedade. Escolhemos para assistir a palestra alunos que moram em torno da região da nascente do Mambu e também os mais afastados, para haver esse intercâmbio de conhecimento, partindo do princípio de informação que eles já têm”, relata a diretora.

Segundo Aline Viana, professora de uma das turmas, a atividade une a teoria que os alunos estão estudando e a matriz escolar, vinculando à prática, já que semana que vem eles visitarão a nascente citada na palestra, junto à equipe da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente. “Acredito que o projeto funciona bem para transformar e passar conhecimento à própria família, visto que a maioria deles mora nas proximidades do rio, onde dentro de alguns lotes existem nascentes”, explica.


Palavras-chave: , ,