Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 23/02/2018 - Última modificação: 27/02/2018 - 22:21
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Corte ou poda? Saiba a diferença entre os procedimentos

MEIO AMBIENTE - Para realizar a poda da árvore, o munícipe não precisa de autorização do Município



Se a árvore estiver encostando-se aos fios de eletricidade, é importante acionar a Elektro

Compartilhar:

Pode cortar ou podar? Muita gente confunde as duas, mas os procedimentos são bem distintos. No caso do corte é necessária uma autorização, sob pena de multa e reparação do dano para quem fizer de forma irregular. Já a poda de árvore quem realiza o procedimento é o próprio morador, sem a necessidade de autorização do Município, desde que se enquadre em determinadas características.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

De acordo com o diretor do Departamento de Meio Ambiente, William de Souza Carrillo, a poda da árvore não é passível de aviso prévio nos seguintes casos: “Desde que seja uma poda de formação, limpeza, adequação ou emergência, é claro. Por exemplo, depois de 50% da árvore é considerada uma poda drástica e pode interferir na estrutura, então é irregular”, explicou.

O munícipe, no entanto, não pode deixar os resíduos da poda da árvore na frente do imóvel ou em terreno abandonado, pois fica passível de multa. O correto é contratar uma empresa especializada para realizar o procedimento ou um serviço de caçamba. No caso de árvores de calçada que estiverem encostando-se aos fios de eletricidade, é necessário acionar a empresa de energia elétrica Elektro.

CORTE – Neste caso o procedimento é diferente, já que são necessárias uma autorização e a compensação ambiental. A última, no caso de concessão de autorização, é feita de acordo com o Diâmetro à Altura do Peito (DAP) e também varia se a espécie da árvore é nativa ou exótica. Por exemplo, uma árvore nativa com o DAP de 5 a 15 centímetros deverá ser compensada com a doação de 15 mudas nativas. O pedido de autorização para corte de árvore deve ser feito por meio do site http://www2.itanhaem.sp.gov.br/procedimentos-para-entrada-de-processos/.


Palavras-chave: , , ,