Itanhaém Competitiva


A Prefeitura lançou o programa municipal Itanhaém Competitiva, que compreende um pacote de ações voltadas para o fortalecimento da economia da Cidade. Entre as novidades anunciadas estão a adoção de um plano de atração de investimentos para o Município e o fomento ao segmento de turismo de negócios.

Todas as ações são norteadas pelo Plano Diretor do Município, que foi revisado em 2015 depois de uma ampla discussão com a sociedade. O documento representa um divisor de águas no Município, formatado para garantir o desenvolvimento sustentável nos próximos 30 anos.

Para viabilizar as ações do programa, a Prefeitura já trabalha no processo de atualização e adequação da legislação para reduzir a burocracia na aprovação de alvarás e projetos por intermédio do Via Rápida Empresa.

O Programa Itanhaém Competitiva está previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2016, no item Desenvolvimento Econômico e Turístico: “Implementar atividades e projetos voltados ao desenvolvimento da agricultura e comércio, tendo com objetivo central o desenvolvimento sustentável, bem como ampliar a capacidade de elaboração e execução de projetos turísticos no município”.

SEBRAE AQUI – A iniciativa é resultado de uma parceria entre a Prefeitura, a unidade regional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Associação Comercial de Itanhaém (ACAI). Pioneiro na Baixada Santista, o projeto cria um serviço que fornece orientações básicas sobre como entrar no mercado formal e para quem deseja expandir o seu negócio na Cidade.

O Sebrae Aqui está localizado no Paço Municipal, na Avenida Washington Luiz, 75, Centro, Bloco 3, Salas 60 e 62. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas.

CENTRO DE CONVENÇÕES – Em janeiro de 2017, a Prefeitura entregou o prédio do novo Centro de Convenções Miguel Reale. O novo espaço favorecerá a realização de congressos regionais, garantindo um fluxo maior de visitantes na Cidade com a vinda de grandes eventos.

AEROPORTO – Também foi criado o grupo de trabalho para acompanhar o processo de concessão do Aeroporto Estadual Antonio Ribeiro Nogueira Júnior. Em novembro de 2017, o aeródromo foi repassado definitivamente a ser administrado de forma integral pelo consórcio Voa São Paulo, que venceu a licitação da Artesp em março deste ano. No total, o aeroporto de Itanhaém receberá R$ 18 milhões ao longo dos trinta anos de contrato.

Também foram iniciados os estudos para efetivação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE).