Tipos de Evento

PALESTRA Método de discussão mais antigo, pressupõe uma preleção acompanhada de intenso período de perguntas e debates com a platéia buscando conclusões. Pode ser complementada de uma visita, demonstração ou mesmo exercício de laboratório.
SEMINÁRIO É uma seqüência concentrada de atividades com o fim específico de desenvolver capacidades, conhecimento e aprendizagem por meio do trabalho de treinadores especializados. A ideia é somar informações e experiências, não chegar a conclusão ou resultado. Pode ser de um dia até várias semanas.
CONFERÊNCIA Uma das formas de reunião informativa que se caracteriza pela exposição feita por autoridade em determinado assunto para grande número de pessoas. Exige a presença de um presidente de mesa para condução dos trabalhos, sendo bem mais formal que uma palestra. As perguntas acontecem somente por escrito e devidamente identificadas, bem ao final da exposição.
CONFERAMA Trata-se de uma conferência ilustrada ou com dramatização.
CONVENÇÃO Realizada por entidades empresariais ou empreendimentos individuais, consiste em reunião de profissionais de uma mesma empresa ou profissionais congêneres de empresas diferentes. Tipos: de vendas, lançamento de produto/serviço, congraçamento e comemorações.
SIMPÓSIO É uma reunião de especialistas de alto renome, sob a direção de um moderador, para apresentação de tema de grande interesse e geralmente de caráter científico, a uma audiência selecionada. Os especialistas desenvolvem partes de um mesmo tema, e posteriormente entre si desenvolvem uma segunda fase de debate. O coordenador do simpósio apresenta os especialistas, introduz os tópicos de cada assunto e sumaria as exposições feitas. A assistência participa somente no final, com perguntas escritas e identificadas, sem teor de polêmica.
BRAINSTORMING Utiliza-se do cérebro para estimular a produção livre de idéias com vistas à solução de problemas. Grupos de pessoas devidamente orientadas põem-se a emitir idéias sobre uma questão, que vão sendo intercambiadas e aperfeiçoadas sem juízo prévio de valor. Compreendem, entretanto, duas etapas, passando logo depois para uma parte avaliativa. É a fase de criação e depois a de julgamento.
PAINEL Reunião essencialmente questionadora, em que é resumido para um grande grupo o teor de apresentações feitas por pequeno grupo, ficando este disposto de preferência em mesa de semi-círculo com o presidente ao centro.
MESA-REDONDA Difere da anterior pelo fato de haver um tempo específico para o questionamento pelos especialistas convidados das teses apresentadas pelos colegas. Há ampla discussão (e por vezes polêmica) antes mesmo da participação da audiência.
FÓRUM Reunião baseada na busca da participação intensa da platéia, preferencialmente numerosa. A idéia é sensibilizar a opinião pública sobre determinados problemas sociais. Um coordenador levanta o tema de interesse geral e busca a opinião da coletividade. Ocorre debate livre até que conclusões possam ser retiradas.
DEBATE Discussão exclusivamente entre dois oradores, devidamente comprometidos a defender um ponto de vista em torno de determinado assunto, participando a audiência somente com aplausos ou protestos não-formais.
CONGRESSO Restritos a ambientes associativos, visando a debater assuntos de interesse específico de um segmento profissional. É a reunião de várias sessões de trabalho previamente definidas entre debates, mesas-redonda, conferências etc.