Serviços
acessibilidade



Publicado em: 31/08/2018 - Última modificação: 16/11/2020 - 12:31
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

População de Itanhaém ultrapassa 100 mil habitantes, segundo IBGE

EVOLUÇÃO - Crescimento foi de 13,4%, comparado à pesquisa do Censo Demográfico de 2010 que apontava 87.057 mil pessoas



Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), no ano de 2010, era de 0.745

Compartilhar:

Uma nova estimativa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) atualizou o crescimento populacional de Itanhaém e este ano a Cidade alcançou a marca de 100.496 mil habitantes residentes. O aumento foi de 13,4% comparado à pesquisa do Censo Demográfico de 2010, que apontava 87.057 mil pessoas. Além disso, há outros levantamentos que mostram mais informações referentes ao perfil dos munícipes e a qualidade de vida. Até o momento, não há dados específicos do ano de 2018 em cada área de atuação da Cidade.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Segundo dados de 2010, a população total era constituída por adultos de 25 a 59 anos como maioria (39.566 pessoas – 45,4% do total), contabilizando logo em seguida crianças e pré-adolescentes de 0 a 14 anos, (21.461 pessoas – 24,6%), adolescentes e jovens adultos (13.321 – 15,3%) e por último os idosos (12.709 – 14,7%). Vale ressaltar que no mesmo ano, o setor da educação registrou taxa de 97.5% na escolarização de pessoas na faixa etária de 6 a 14 anos.

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), ainda em 2010, já era de 0.745. A indicação é positiva, pois este indicador compara a qualidade de vida das diferentes populações, abordando três aspectos socioeconômicos: grau de escolaridade, longevidade e renda. Para entender melhor, basta compreender que o IDHM varia de 0 a 1 e, quanto mais se aproxima de 1, maior a qualidade de vida no lugar.

Além disso, já apresentava 80.2% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 47.4% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 6% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio).

Contudo, há ainda outros índices positivos das áreas de atuação da Cidade registrados recentemente. Em 2017, por exemplo, 22,756 pessoas foram matriculadas no Ensino Pré-escolar, Fundamental e Médio, o que representou 22,6% da população no ano.

Em 2016, a proporção de pessoas adultas ocupadas em relação à população total era de 15.7%. Considerando domicílios com rendimentos mensais de pelo menos meio salário mínimo por pessoa, já tinham 35.4% da população nessas condições. Em 2014, a taxa de mortalidade infantil média na cidade era de 13.95 para 1.000 nascidos vivos.

IBGE – Provedor de dados e informações, o Instituto atende as necessidades dos mais diversos segmentos da sociedade civil, bem como dos órgãos das esferas governamentais: federal, estadual e municipal. Oferece uma visão completa e atual do país por meio do desempenho de suas principais funções.

A agência do IBGE na Cidade fica em um anexo na parte de trás da Biblioteca Municipal Poeta Paulo Bomfim, situada na Rua Cunha Moreira, 71, Centro, de segunda a sexta das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. Informações pelo telefone: 3422-2595 ou 3426-9231.


Palavras-chave: , , ,