Serviços
acessibilidade



Publicado em: 24/04/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:51
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém recebe certificado do Estado por participação em Campanha de HIV e Sífilis

IMPORTÂNCIA - O diagnóstico precoce possui um papel importante no desfecho da doença, pois a AIDS é o estágio progredido das ações do vírus HIV



Município contribuiu para o enfrentamento da epidemia de HIV/AIDS e IST do Estado de São Paulo realizando ação para a ampliação do diagnóstico precoce

Compartilhar:

O Programa Estadual de DST/AIDS-SP e a Controladoria de Controle de Doenças do Estado celebraram a participação de Itanhaém na 11ª Campanha Estadual de Testagem do HIV e da Sífilis realizada de 1 a 7 de dezembro de 2018. Conforme declara o certificado, o Município contribuiu para o enfrentamento da epidemia de HIV/AIDS e IST do Estado de São Paulo, realizando ação estratégica para a ampliação do diagnóstico precoce do HIV e Sífilis. Outro exemplo de ações de combate foram as atividades promovidas nos dias de Carnaval deste ano.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Anualmente, a primeira semana de dezembro é separada para a realização da Campanha Estadual de Testagem do HIV e da Sífilis, a partir do dia 1º, que é o Dia Mundial de Luta Contra a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS – do inglês). Em alusão à causa, o mês ganha a cor vermelho. O diagnóstico precoce possui um papel importante no desfecho da doença, pois a AIDS é o estágio progredido das ações do vírus HIV na corrente sanguínea da pessoa. Se diagnosticado no estágio do HIV, há chance de sobreviver à doença.

Leia mais
Moradores do Santa Júlia: Unidade de Saúde da Família é entregue à população
Capacitação a cuidadores de idosos tem nova data definida

UTILIDADE PÚBLICA

Os testes rápidos de HIV e sífilis são realizados em diversas Unidades de Saúde da Família (USFs) e também no Centro de Infectologia de Itanhaém (CINI), das 8 às 16 horas. Um furinho no dedo, alguns minutos de espera e uma vida inteira sem dúvida. A Campanha realizada no ano passado buscou sensibilizar pessoas mais expostas ao HIV a fazerem o teste. A sífilis também foi alvo da Campanha.

Contudo, o acesso para a população sexualmente ativa ao teste e ao tratamento da Infecção Sexualmente Transmissível (IST) é amplo. A testagem rápida é segura e confiável. Os testes são distribuídos pelo próprio Ministério da Saúde aos municípios. Com apenas algumas gotas de sangue coletadas do dedo do paciente, pode-se obter resultados no mesmo dia.

PÚBLICO-ALVO

Pessoas sexualmente ativas ou que estiveram expostas a situação de risco, como relação sexual desprotegida (sem camisinha); pessoas que compartilharam agulhas ou seringas ou usaram materiais cortantes não esterilizados. Grávidas também devem realizar o teste rápido.


Palavras-chave: , , , ,