Serviços
acessibilidade



Publicado em: 14/11/2019 - Última modificação: 16/11/2020 - 11:18
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Operação contra invasões derruba construções irregulares no Coronel e no América

COIBIR - Para a ação da derrubada foi utilizada uma escavadeira por uma equipe do Governo Municipal



Foram demolidos barracos de madeira e construções em alvenaria que estavam sendo construídos em Área de Preservação Permanente (APP)

Compartilhar:

Mais uma operação montada pela Prefeitura de combate a construções irregulares foi realizada. Foram demolidos quatro casas de alvenaria e um barraco de madeira, construídos no Coronel. E no América,  quatro barracos e uma casa em início de construção. O local das invasões é uma Área de Preservação Permanente (APP), que é legalmente protegida pelo Código Florestal, assegurado pela Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012.

 Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook e no Twitter

Para a ação da derrubada foi utilizada uma escavadeira por uma equipe do Governo Municipal, e teve participação das secretarias de Serviços e Urbanização; de Obras e Desenvolvimento Urbano; de Trânsito e Segurança Municipal; de Planejamento e Meio Ambiente, além da presença da Polícia Ambiental Estadual.

“Estamos atentos às invasões e iremos coibir as tentativas de construções irregulares de forma permanente, com fiscalização intensiva ou por meio de denúncias que chegam até nós”, esclarece o secretário de Planejamento e Meio Ambiente Ruy Manoel Alves dos Santos.

Leia mais
Prefeitura realiza operação de combate a moradias irregulares
Tolerância zero às invasões; Prefeitura quer acabar de vez com as construções irregulares

O interessado em construir em qualquer área da Cidade, antes de adquirir um terreno, deve primeiramente consultar o setor de Expediente de Obras, e posteriormente de Cadastro para averiguar se o imóvel está localizado em loteamento aprovado. A construção só pode ser iniciada depois de emitido o Alvará de Construção.

DENUNCIE

É importante que casos de construções irregulares sejam denunciados. A população pode ligar para o telefone da Polícia Ambiental (13) 3422-3765 ou no setor de Fiscalização de Obras 3421-1600, ramal 1296, e no número de emergência 153 (Guarda Civil Municipal).

 


Palavras-chave: , , , , ,