Serviços
acessibilidade



Publicado em: 26/11/2021 - Última modificação: 30/11/2021 - 12:05
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém conta com utilização de drones para fiscalização de maus-tratos a animais

TECNOLOGIA - - A nova ferramenta auxilia o trabalho dos fiscais e intensifica a investigação de denúncias de maus-tratos



Compartilhar:

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, por meio do Departamento de Proteção e Bem Estar Animal, está utilizando imagens de drones para ajudar e intensificar a investigação de denúncias de maus-tratos aos animais no município.  A nova ferramenta possibilita maior agilidade ao trabalho dos fiscais.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

Durante os voos do aparelho é possível confirmar os atos de agressão, e ao mesmo tempo gravar as imagens que depois servem de prova em processos contra os agressores, podendo também, identificar mais rapidamente o procedimento necessário de resgate.

“Fizemos um importante investimento com a aquisição do drone. É um  equipamento moderno que proporciona todas as condições necessárias para que a  nossa equipe de fiscalização possa apurar todas as denúncias de maus tratos que vitimam os animais domésticos.” explica o Secretário de Planejamento de Meio Ambiente, César Augusto.

Denúncias

Contra maus-tratos e abandono de animais, a Prefeitura de Itanhaém disponibiliza em seu site oficial um portal de denúncias, que pode ser usado anonimamente e tem como objetivo reivindicar a penalização correta e efetiva para quem comete crueldades aos animais.

Para conhecer, basta acessar a página da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente e clicar em “Portal de Denúncias”. Lá, haverá uma opção para Bem-Estar Animal (maus tratos e abandono) que te levará diretamente para página onde será possível realizar a denúncia.

O site solicitará que o usuário crie um cadastro, selecione o ocorrido e descreva a situação em detalhes. Ao final do processo, o munícipe receberá um código de identificação para que possa checar o andamento das operações pela opção “Visualizar Denúncias Anteriores”.