Serviços
acessibilidade



Publicado em: 06/07/2022 - Última modificação: 12/07/2022 - 11:48
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém oferece curso de aquaponia aos agricultores rurais da região

APRENDIZAGEM - A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do departamento de Agricultura, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e o apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de Miracatu



Compartilhar:

A Prefeitura de Itanhaém por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o seu departamento da Agricultura, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e o apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de Miracatu, ofereceu o curso de aquaponia aos agricultores de Itanhaém e região. Totalmente gratuito e apostilado, o curso teve duração de três dias.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

A iniciativa objetivou capacitar os pequenos agricultores no cultivo de hortaliças por meio do sistema de aquaponia, que significa a imersão da raiz em água tratada naturalmente com insumos orgânicos produzidos em tanques com peixes da espécie tilápia.

“Essa é uma excelente oportunidade para os proprietários rurais adquirir conhecimento e novas oportunidades. Ao final do curso, todos já saem aptos para implantar o recurso em suas propriedades. E o trabalho não para por ai, após a finalização, o pessoal do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural continua acompanhando as implantações dos trabalhos realizados pelos agricultores em suas plantações”, explicou o secretário de Desenvolvimento Enonômico, Rogélio Salceda.

A aquaponia – integração da aquicultura com a hidroponia – se consolida como uma importante atividade para o agronegócio. Como o sistema tem por base a reciclagem da água, ele minimiza a geração de efluentes ricos em nutrientes e evita, assim, a eutrofização dos corpos d’água. Eutrofização é o processo de poluição de corpos d´água, como rios e lagos, que acabam adquirindo uma coloração turva ficando com níveis baixíssimos de oxigênio dissolvido na água. Isso provoca a morte de diversas espécies animais e vegetais, e tem um altíssimo impacto para os ecossistemas aquáticos.