Serviços
acessibilidade



Publicado em: 26/07/2022 - Última modificação: 27/07/2022 - 17:00
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Roda de Conversa sobre o Agosto Dourado acontece no próximo dia 4

AMAMENTAÇÃO - Durante todo o mês de agosto, a Prefeitura de Itanhaém, por meio da Secretaria de Saúde organiza um mês repleto de atividades sobre o tema, com o objetivo de ampliar a troca de vivências



Compartilhar:

O oitavo mês do ano é conhecido como Agosto Dourado porque simboliza a campanha de incentivo à amamentação – a cor dourada é uma referência ao padrão ouro de qualidade do leite materno. Para chamar atenção à data, todos os anos, a Prefeitura de Itanhaém, por meio da Secretaria de Saúde organiza um mês repleto de atividades sobre o tema, com o objetivo de ampliar a troca de vivências.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram, no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr

Quer saber como participar? A primeira roda de conversa, que abre a programação do “Agosto Durado” acontece no dia 04 de agosto, às 13 horas, no Centro de Capacitação do Professor e Teatro Eva Wilma, localizado na Avenida Condessa de Vimieiros, 1131, no Centro. Na oportunidade, os participantes poderão compartilhar experiências e tirar dúvidas sobre o assunto, com profissionais da área.

Durante todo o mês de agosto, as Unidades de Saúde da Família e o Centro Especializado na Saúde da Criança e da Mulher (CESCRIM) promovem e intensificam ações de conscientização sobre a importância do aleitamento materno. Confira a programação completa, na unidade de saúde mais próxima de sua residência.

O leite materno é a melhor fonte de nutrição para bebês e a forma de proteção mais econômica e eficiente para diminuir as taxas de mortalidade infantil, sendo capaz de reduzir em até 13% os índices de mortes de crianças menores de cinco anos, segundo o Ministério da Saúde. O aleitamento materno protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias, além de evitar o risco de desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade na vida adulta.

O Ministério da Saúde recomenda a amamentação até os dois anos de idade ou mais e, de forma exclusiva, nos seis primeiros meses de vida. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), por ano, cerca de seis milhões de vidas são salvas por causa do aumento das taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de idade.

Além de ser extremamente benéfica para a saúde da criança, a amamentação é facilitadora do vínculo entre mãe e filho. O ato de amamentar é protetor para a mulher, impactando os riscos de hemorragias pós-parto e de desenvolvimento de cânceres como o de mama. Esta é uma iniciativa sustentável e gratuita. .

Em Itanhaém, como forma de incentivo, a Administração Municipal apoia e garante a normatização pertinente da licença-maternidade de 180 dias com possibilidade do período ser seguido de férias, licença-prêmio e outros afastamentos.