Publicado em: 29/05/2017 - Última modificação: 05/06/2017 - 19:51
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Hospital Regional terá nova entidade gestora; Estado nomeia grupo de transição

SAÚDE - A Organização Social de Saúde Instituto Sócrates Guanaes assumirá o gerenciamento do equipamento estadual



A obra do Hospital, que terá sua capacidade de atendimento ampliada em mais de 150%, está em fase final de acabamento

Compatilhar:

O Hospital Regional Jorge Rossmann, de Itanhaém, terá uma nova entidade gestora. Trata-se da Organização Social de Saúde Instituto Sócrates Guanaes. A instituição assumirá a administração após assinatura de convênio com a Secretaria de Estado da Saúde. No último dia 23, foi criado um grupo de trabalho para a transição da gestão com o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ribeira (Consaúde), que administra o equipamento desde 2007. O instituto também é responsável por gerir hospitais em Goiás e no Rio de Janeiro.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O grupo de trabalho foi criado para a operacionalização das atividades durante a transição da nova entidade gestora do Hospital Regional, de forma que a assistência prestada pela unidade não sofra prejuízo de continuidade e de qualquer natureza à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS). Durante 90 dias, fará levantamento e análise dos aspectos administrativos, contábeis, financeiros e clínicos assistenciais para encaminhamento e manifestação conclusiva da Coordenadoria de Gestão de Contratos de Serviços de Saúde (CGCSS) do Estado.

A obra do Hospital Regional está em fase final de acabamento. O local terá sua capacidade de atendimento ampliada em 155% em relação à atual estrutura, passando de 94 leitos para 240. “Vão migrar os serviços do prédio antigo para o novo. Será uma infraestrutura de primeiro mundo porque acrescentarão práticas de ponta na saúde brasileira. Teremos, em breve, tomógrafo, parto natural em banheira, entre outros. Os serviços estarão albergados dentro de uma estrutura de primeiro mundo, que melhorará a eficiência dos serviços prestados à população pelo Estado”, ressalta o secretário municipal de Saúde, Fábio Crivellari Miranda.

PRONTO SOCORRO – O local também contará com um pronto socorro referenciado, o que aumentará o atendimento à população, já que o Município possui uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no Jardim Sabaúna. A obra tem um orçamento de R$ 60 milhões e é uma parceria entre Estado e Prefeitura.


Palavras-chave: ,