Publicado em: 30/05/2017 - Última modificação: 21/06/2017 - 15:38
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Escola da Moda une mãe e filha em uma paixão: a costura

ENTRE LINHAS - Ambas participaram juntas do curso oferecido no Fundo Social de Solidariedade



Durante o curso de corte e costura que tem duração de três meses, os alunos aprendem desde o básico, com a máquina, até a confecção

Compatilhar:

Marli Rose Freitas e Cibele Freitas têm mais do que o sobrenome em comum. As duas são mãe e filha e participaram juntas do curso Escola da Moda, um projeto de qualificação profissional do governo do Estado, oferecido pelo Fundo Social de Solidariedade de Itanhaém. Elas receberam o certificado de conclusão do curso no dia 30 de maio, pelas mãos da professora Maria Salvadora e da presidente do Fundo Social, Daily Kubagawa Gomes.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

“Amo a costura e não poderia perder esta oportunidade de me aperfeiçoar”, disse Marli. Ela fazia algumas costuras em casa, para a família, mas no curso aprendeu as técnicas e outros cortes: “Eu não sabia fazer roupa social, por exemplo, e aqui a professora nos ensinou. Ela é muito paciente, sabe passar os ensinamentos. Saio daqui com uma grande bagagem”.

A filha, Cibele, faz bordados de roupas de dança do ventre e viu no curso uma oportunidade de também aprimorar seu trabalho. “Eu vim me especializar, agora tenho uma noção melhor de moldes e tecidos. Eu e minha mãe podemos fazer juntas o figurino completo: ela faz as roupas, e eu, o bordado”, enfatiza.

Sobre estudarem juntas, Cibele diz que os três meses de aprendizado ao lado da mãe foram maravilhosos e repetiria a parceria: “Se tiver uma nova etapa do curso, viremos novamente para nos aperfeiçoarmos. Claro, estaremos juntas”.

ESCOLA DA MODA – Durante o curso de corte e costura que tem duração de três meses, os alunos aprendem desde o básico, com a máquina, até a confecção. Foram capacitadas duas turmas, 20 pessoas ao total.

 


Palavras-chave: , ,