Publicado em: 30/05/2017 - Última modificação: 05/06/2017 - 19:51
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Vivaleite, um programa que nutre quase 700 crianças em Itanhaém

SOCIAL - Maria está entre as 675 famílias inseridas no Cadastro Único (CadÚnico), principal porta de entrada para programas sociais - federal, estadual e municipal



Vivaleite é um programa da Secretaria de Desenvolvimento Social do Governo do Estado de São Paulo

Compatilhar:

Daniel Luan Pereira Bitencourt tem 3 anos. Quase o mesmo tempo em que a sua família passou a contar com os benefícios do Vivaleite, duas vezes por semana – segundas e sextas-feiras. “O leite substitui alguns nutrientes, principalmente para quem não tem condições de oferecer uma boa alimentação aos pequenos”. A frase é da mãe, Maria de Lourdes de Andrade Bitencourt, de 30 anos, sobre a importância do programa estadual desenvolvido em Itanhaém. Ela está entre as 675 famílias inseridas no Cadastro Único (CadÚnico), principal porta de entrada para projetos dos governos federal, estadual e municipal.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O Vivaleite é um programa da Secretaria de Desenvolvimento Social do Governo do Estado de São Paulo. O projeto distribui leite pasteurizado, com teor de gordura mínimo de 3%, enriquecido com ferro e vitaminas A e D. Para obter o nutriente, a família precisará estar dentro dos critérios de elegibilidade e manter o cadastro atualizado no Centro de Referência Assistencial do Município (CRAS). Na Cidade, cerca de 700 crianças de 6 meses a 5 anos e 11 meses são assistidas pelo programa.

Itanhaém possui dez pontos de distribuição de leite que ficam nos bairros Gaivota, Jardim Bopiranga, Guapiranga, Jardim América, Oásis, Umuarama, Guapurá, Loty, Suarão e Coronel. É imprescindível que os interessados façam o cadastro no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) ou no Posto de Atendimento da Assistência Social (PAAS) do Município. Os documentos são: carteira de vacinação da criança, certidão de nascimento, comprovante de residência, RG do responsável e o Número de Identificação Social (NIS).

A cada quatro meses a criança passa por um processo onde é conferido peso e altura, comprovando, assim, o desenvolvimento. “Muitas famílias dependem deste leite para garantir um nutriente necessário para o crescimento e o desenvolvimento da criança”, explica Dilaine Queiroz, de 23 de anos, mãe de Thales Daniel Silva Queiroz, de 3 anos.


Palavras-chave: , ,