Publicado em: 27/06/2017 - Última modificação: 14/07/2017 - 19:21
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Cerca de 17 mil kits digitais serão entregues à população de baixa renda da Cidade

TV DIGITAL - O equipamento passa a ser necessário a partir de 29 de novembro, quando as cidades da Baixada Santista terão o sinal analógico desligado



A partir de 29 de novembro, as cidades da Baixada Santista terão o sinal analógico desligado

Compatilhar:

Beneficiários dos programas sociais do Governo Federal podem solicitar um novo kit de televisão digital. Com isso, o telespectador poderá assistir à programação com qualidade superior de som e imagem. O equipamento passa a ser necessário a partir de 29 de novembro, quando as cidades da Baixada Santista terão o sinal analógico desligado. A entrega dos kits digitais acontecerá pessoalmente na agência dos Correios, na Rua João Mariano, 115, Centro, e deverá ser agendada pelo telefone 147 ou pela internet, dentro dos prazos definidos para cada localidade.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

 Têm direito ao benefício aqueles que estão inscritos em programas como Bolsa Família; Tarifa Social; Minha Casa, Minha Vida; Tarifa Social de Energia Elétrica; e outros benefícios sociais federais para famílias de baixa renda. Para confirmar o direito e agendar a distribuição do kit, basta acessar o site www.sejadigital.com.br ou ligar para o telefone 147 (ligação gratuita).

Para agendar a retirada do seu conversor digital, é necessário digitar o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário. O sistema usará os seus dados inscritos no CadÚnico. Após fazer o pedido, aparecerão instruções de retirada e instalação dos aparelhos. O kit é composto por uma antena, um conversor do sinal de TV e um controle remoto para ser utilizado em televisões mais antigas ou que não tenham receptor de sinal digital integrado.

Na retirada do kit gratuito é preciso levar o NIS, o código de confirmação de agendamento (enviado para o seu celular) e um documento com foto que comprove a identidade do beneficiário. Certidões de nascimento e casamento, portanto, não serão aceitas. Somente o responsável familiar ou um membro da composição familiar, portando um documento de identificação com foto.

Aqueles que tiverem dificuldades em acessar a internet para efetuar o cadastro poderão ir ao Programa Acessa São Paulo, na Rodoviária da Cidade – Av. Harry Forssell, 1505, Jardim Sabaúna. O local funciona das 8 às 16h30.

 

 


Palavras-chave: , , ,