Publicado em: 07/07/2017 - Última modificação: 10/07/2017 - 18:55
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Servidores públicos em estágio probatório passam por capacitação

CURSO - A capacitação permanente dos servidores é um dos compromissos do Programa Pró-Servidor



A capacitação permanente dos servidores é um dos compromissos do Programa Pró-Servidor

Compatilhar:

Com o objetivo de ampliar as oportunidades de aperfeiçoamento profissional, a Prefeitura de Itanhaém, por meio do Departamento de Recursos Humanos, realizou uma capacitação entre os servidores municipais. O curso foi oferecido entre os funcionários que não atingiram a pontuação mínima durante o estágio probatório. O encontro foi realizado nesta sexta-feira (7), na Biblioteca Municipal Poeta Paulo Bomfim.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Todos os servidores públicos efetivos (concursados) passam pelo chamado estágio probatório, onde, durante um período de três anos, sua aptidão e capacidade são objeto de avaliação para o desempenho do cargo, sendo observadas a assiduidade, disciplina, capacidade de iniciativa, produtividade, responsabilidade e idoneidade moral. De 0 a 60, a pontuação mínima que o servidor deve atingir nestas avaliações semestrais é 42.

Segundo a psicóloga da Prefeitura, Dra. Emanoele Almeida Moura, a proporção de funcionários que não atingiram ainda a pontuação mínima é bastante pequena e a capacitação tem o objetivo de trabalhar com estes casos específicos. “Esta iniciativa é uma forma de colaborar com o servidor público e evitar que possa perder o cargo por uma má avaliação de seu desempenho”.

Estão sendo convocados 20 funcionários e, durante o curso, são abordadas as vantagens de ser servidor público e debatidas questões sobre inteligência emocional e empatia.

PRÓ-SERVIDOR – A capacitação permanente dos servidores é um dos compromissos do Programa Pró-Servidor, lançado pela Prefeitura de Itanhaém em abril de 2015 e que concedeu uma série de benefícios para os funcionários municipais.

Entre eles estão: plano de carreira para o funcionário público municipal, concessão do auxílio-alimentação para servidores com remuneração de até R$ 1.180,00, a prorrogação da licença-maternidade, a concessão de licença-maternidade por motivo de adoção, faltas abonadas para todos os servidores efetivos, a redução da jornada semanal de 44 para 40 horas, auxílio transporte e novo concurso geral (em andamento).


Palavras-chave: , ,