Publicado em: 02/08/2017 - Última modificação: 02/08/2017 - 17:49
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Triatleta de Itanhaém se prepara para disputar competição Iron Man neste domingo

ESPORTE - O atleta Adailton Aguiar disputará a competição em Maceió (AL), que vale vaga para o Mundial de 2018, na África do Sul



Adailton Aguiar, triatleta
A prova terá 1,9 km de distância em natação, 90 km de ciclismo e 21 km de corrida

Compatilhar:

No próximo domingo (6), Itanhaém será representada em uma das principais competições de triatlo do país – reconhecida justamente por ser uma das mais desgastantes do planeta. O atleta Adailton Aguiar disputará o Iron Man 70.3 de Maceió (AL), evento que vale vaga para o Mundial da modalidade, que acontece em setembro de 2018 em Nelson Mandela Bay, na África do Sul.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A prova terá 1,9 km de distância em natação, 90 km de ciclismo e 21 km de corrida. A distância 70.3 é medida em milhas e conhecida entre os atletas como “Meio Iron Man”; já o “Full Iron Man” é o dobro exato desses números. Adailton conta que, em média, costuma fazer o percurso de domingo em 5 horas; já no completo, o seu melhor tempo até hoje foi de 10 horas e 43 minutos.

Para lidar com distâncias tão grandes, a carga de treinos é pesada. “Geralmente descanso em apenas um dia da semana. As atividades diárias variam de 50 minutos a 2 horas e meia. Às vezes, chego a pedalar 100 km, por exemplo. É normal passar um pouco da distância para dar maior resistência ao corpo”, disse o triatleta, que tem a experiência de disputar Iron Man em locais como Fortaleza, Florianópolis, Rio de Janeiro e até mesmo na Califórnia (EUA).

Além disso, ele explica que a disciplina é fundamental para continuar no esporte: “A alimentação tem que ser diferenciada e, de tempos em tempos, devemos passar nos médicos para conferir se está tudo bem. É uma dieta um pouco mais preparada, porque o gasto calórico é alto. Gosto muito da prática, aliada ao bem-estar e saúde. Isso é o que me motiva a continuar no triatlo”.

Como qualquer atleta, Adailton tem objetivos a alcançar. “O sonho de todo triatleta é disputar uma competição de nível mundial”, disse o triatleta. Quando perguntado sobre o local preferido, não titubeou: “No Havaí. Foi lá que tudo começou. Quero disputar os principais eventos, como o próximo na África do Sul, mas este seria o principal”.

Aos poucos, outros interessados no esporte vão surgindo. “Tudo começou com um amigo meu, o Flávio Marani, que também participa de competições. Depois dele, outras pessoas começaram a praticar o esporte”, conta Adailton. “Principalmente no ciclismo, é comum encontrar outras pessoas praticando. Já cheguei a treinar com uma turma de mais de 25 pessoas”.


Palavras-chave: , , ,