Publicado em: 16/08/2017 - Última modificação: 22/08/2017 - 17:43
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Veja como elaborar um currículo atraente para conseguir emprego

CARREIRAS - Confira dicas importantes para aumentar suas chances antes mesmo da entrevista



O documento é o espelho de suas qualidades, características e pretensões profissionais

Compatilhar:

Para quem busca uma oportunidade no mercado de trabalho, um dos primeiros passos é elaborar um bom currículo. O documento é o espelho de suas qualidades, características e pretensões profissionais. Confira dicas importantes para montar um currículo atraente e consistente, de modo que suas chances aumentem antes mesmo de uma entrevista.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O primeiro passo é entender a estrutura do currículo. Não existe um modelo ideal, já que sua elaboração deve variar de acordo com o interesse das empresas e seus ramos no mercado. Porém, é possível basear-se em estilos tradicionais, que seguem uma ordem lógica, o qual é muito aconselhado por especialistas na área.

“Antes de tudo, é importante fazer uma autoavaliação, buscando entender seus conhecimentos, habilidades, qualificações e experiências. Trata-se de um diagnóstico do seu perfil profissional”, disse o diretor de Relações do Trabalho, Jean Velloso. “Depois, você deve fazer uma avaliação do mercado de trabalho. A vocação econômica da região, quais os tipos de profissão mais encontrados e, dessas, quais são as que mais contratam. Informações como essas podem ser obtidas no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), por exemplo”.

O padrão aceito de forma comum é constituído por seu nome completo, seguido pelos dados pessoais, como endereço e telefone, uma breve apresentação de suas qualificações e objetivos, experiência profissional e formação acadêmica. Caso tenha feito algum curso de capacitação ou idiomas, você pode incluir no currículo, bem como trabalhos voluntários; não há obrigação de que o documento tenha mais de uma página.

Tão importante quanto os dados fornecidos é a veracidade deles. Seja honesto ao informar sobre empresas e cargos exercidos, conhecimentos extracurriculares (especialmente na área de informática) e até mesmo idiomas falados. Há alguns itens que não são obrigatórios no currículo, mas que devem ser incluídos caso sejam solicitados, como foto 3×4 e a pretensão salarial.

Além disso, é fundamental saber se o seu perfil profissional está alinhado com o mercado. “O que você pode desenvolver em si mesmo para se tornar uma pessoa atraente para o mercado de trabalho? Cursos de qualificação, obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), desenvolvimento de habilidades pessoais (como oratória, por exemplo), e acompanhamento de especialistas, como fonoaudiólogo e psicólogo, são algumas das opções recomendadas”, afirma Jean.

O munícipe pode recorrer ao Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) para intermediação de mão de obra. “O ideal é que o interessado passe periodicamente para verificar se há uma vaga adequada para o seu perfil e também para atualização de dados. Vale ressaltar que o PAT não emprega, mas faz o encaminhamento para entrevista. Isso só é realizado se o profissional estiver dentro dos critérios estabelecidos pelo empregador”, completou o secretário municipal de Relações do Trabalho, José Renato Costa de Oliva.


Palavras-chave: , , ,