Publicado em: 17/08/2017 - Última modificação: 22/08/2017 - 17:39
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Entrevista de emprego: confira algumas dicas para causar uma boa impressão

TRABALHO - Elaborar uma boa apresentação é o primeiro passo, seguido de uma análise sobre o mercado



O resumo de sua trajetória profissional é importantíssimo, mas há uma série de medidas que o interessado deve tomar para causar uma boa impressão

Compatilhar:

Para conseguir um emprego, não basta ter apenas um bom currículo. O resumo de sua trajetória profissional é importantíssimo nessa missão, mas há uma série de medidas que o interessado deve tomar para causar uma boa impressão no potencial empregador. Confira algumas dicas sobre como se portar no dia da entrevista, para não deixar essa chance escapar.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Primeiramente, o seu currículo deve estar atualizado, conforme pode ser visto clicando aqui. Elaborar uma boa apresentação é o primeiro passo, seguido de uma análise sobre o mercado de trabalho local. Depois disso, é hora de entregar o seu currículo – sempre da maneira adequada, pois uma boa apresentação conta pontos positivos.

“Existem várias formas de fazer com que seu histórico chegue às empresas. Além da entrega pessoal e da procura por meio do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), o candidato também pode fazer o chamado ‘networking’, relacionamento com as pessoas mais próximas, informando-os que você está procurando emprego. É importante ficar atento às novidades tecnológicas, como aplicativos de celular, além das redes sociais, sites de emprego, de concurso público, e-mail direto para empresas, jornais e revistas”, disse o diretor de Relações do Trabalho, Jean Velloso.

Então, quando a oportunidade vem, basta se condicionar para aproveitá-la. “Procure conhecer informações das empresas que podem te selecionar. Isso é importante, pois demonstra interesse real de trabalhar naquele local e o apresenta como um profissional preparado. Pesquisar sobre a história da empresa, o ramo de atuação, como ela está posicionada no mercado, qual a sua média salarial, as atribuições exigidas para ser considerado um bom profissional e quais problemas você poderia resolver”, explica Jean.

“Se uma vaga está aberta, é porque há uma necessidade ali dentro. É preciso mostrar suas habilidades, conhecimentos e boa vontade. Muitas pessoas têm o perfil adequado, mas não transmitem autoconfiança ao entrevistador. Se você chegou até ali, é porque já passou pelo primeiro processo de recrutamento. É preciso mostrar que sabe executar aquela função, sem mentir ou parecer arrogante”, completou.

Caso você ainda não tenha encontrado uma vaga, uma das melhores formas de procurar é por meio do PAT. “Os interessados devem levar seus documentos pessoais, como RG, CPF e carteira de trabalho, com o número do PIS. É altamente recomendável que tenham também o currículo atualizado e passem periodicamente para verificar sua situação”, explica o secretário municipal de Relações do Trabalho, José Renato Costa de Oliva.


Palavras-chave: , , ,