Publicado em: 01/09/2017 - Última modificação: 05/09/2017 - 17:35
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Palestras sobre o combate ao Aedes aegypti são intensificadas na Rede Municipal

ORIENTAÇÃO - Entre os temas abordados com os estudantes, estão as doenças transmitidas pelo inseto, o ciclo biológico, possíveis criadouros e como eliminar os focos do mosquito



O objetivo é de combater o transmissor da dengue, zika e chikungunya

Compatilhar:

Com o intuito de conscientizar e orientar sobre os cuidados com o mosquito Aedes aegypti, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da equipe de Endemias, realizou nesta sexta-feira (1º) uma palestra para cerca de 490 alunos do 2º ao 5º ano da Escola Municipal Professora Lídia Martha Ferriello Gianotti, no bairro de Belas Artes. O objetivo é de combater o transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Confira as fotos

Ciclo de palestras sobre Aedes aegypti é intensificada na Rede Municipal

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Entre os temas abordados com os estudantes, estão as doenças transmitidas pelo inseto, o ciclo biológico, possíveis criadouros e como eliminar os focos do mosquito, além de apresentação de vídeos com histórias sobre os cuidados que todos devem ter. Na oportunidade, os alunos se tornaram “agentes mirins” para divulgar o conteúdo aprendido.

A diretora da escola, Luciana Cardoso Ubrig, falou da importância de transmitir esses conceitos para as crianças: “Acho esse projeto muito importante. A parceria só trará grandes benefícios para os alunos, que terão maior conhecimento em relação aos problemas que o Aedes aegypti pode causar em sua casa, ao mesmo tempo em que serão agentes multiplicadores das informações recebidas”.

Wilson André do Espírito Santo, agente de Endemias e idealizador do projeto ressalta a necessidade de orientar as crianças sobre os cuidados contra o mosquito. “Não há melhor maneira de espalhar o conhecimento senão por meio das crianças, assim, teremos resultados maravilhosos. Um aluno vai transmitir tudo que aprendeu aos pais, amigos e familiares, sobre cada tema abordado na palestra”.

O projeto “Os Caça-Mosquitos” foi criado em 2015 e busca realizar atividades de conscientização e orientação para o combate ao Aedes aegypti. Neste ano, 1.300 alunos já passaram pelas palestras. Entre os meses de setembro e novembro, além das palestras, os alunos terão uma peça de teatro reforçando os cuidados com o transmissor. As palestras já foram realizadas na EM Professora Maria da Penha Correa Sanches, EM Maria Graciette Dias e EM Professora Lídia Martha Ferriello Gianotti. Futuramente, outras unidades de ensino também receberão a atividade.

Além disso, diariamente os agentes visitam as residências para orientar os moradores sobre como deve ser evitada a presença dos criadouros e sobre o tratamento da doença. Denúncias referentes aos focos do mosquito podem ser feitas pelo telefone (13) 3422-1944.


Palavras-chave: , , , , ,