Publicado em: 18/09/2017 - Última modificação: 18/09/2017 - 17:45
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Itanhaém conquista 25 medalhas no Brasileirão de Karate Esportivo

ESPORTE - Competição foi organizada pela Confederação Esportiva e Educacional Brasileira de Karate (CEEBK)



As competições foram realizadas em dois estilos, kata e kumite

Compatilhar:

Os atletas de karate de Itanhaém continuam demonstrando o crescimento da modalidade por aqui. Prova disso é o bom desempenho no Campeonato Brasileiro de Karate Esportivo, realizado em Niterói, Rio de Janeiro, entre quinta-feira (14) e domingo (17). No total, foram 25 medalhas, sendo 9 de ouro, 5 de prata e 11 de bronze. A competição foi organizada pela Confederação Esportiva e Educacional Brasileira de Karate (CEEBK).

Confira as fotos

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

As competições foram realizadas em dois estilos, kata e kumite. Os medalhistas de ouro foram Raul Rodrigues Bueno (kumite), Giovanna Vitória Flaminio (kumite), Rodrigo Silva Cavalcante (kata); por sua vez, Magna Ferreira, Luiza Rodrigues da Silva e Joel de Oliveira Machado venceram nas duas, somando assim as nove conquistas.

As cinco pratas foram vencidas por Marjore da Guia Silva (kumite), Rodrigo Silva Cavalcante (kumite), Giancarlo Nunes Silva (kumite) e Maria Eduarda dos Santos (ambas). Por fim, os 11 bronzes foram de Eduardo de Oliveira (kumite), João Felipe de Oliveira (kumite), Ana Vitória Borges (kumite), Giovanna Vitória Flaminio (kata), Maicon Cesar Franco (kata), Amanda da Guia Silva (ambos), Daniela Pires (ambos), Richard Ericles Leoncio (ambos).

A Cidade foi representada também por dois árbitros oficiais credenciados, Sebastião Roberto Lourenço e Hamilton Amaro dos Santos. Já os competidores obtiveram classificação na Copa Brasil da modalidade, que aconteceu no mês de junho em São José dos Campos (SP). Ambos os torneios são realizados pela CEEBK, em parceria com as federações estaduais da modalidade.

TREINOS – No Ginásio de Artes Marciais, as aulas acontecem às terças e às sextas, a partir das 18 horas (iniciantes). Crianças de outras faixas treinam às 19 horas e adultos às 20 horas. Somente neste núcleo, a base estimada é de mais de 100 praticantes, com mais de 300 na soma geral.

Os demais bairros que recebem as aulas do Projeto Sol Nascente Kodokan, de segunda e quinta, das 19 às 21 horas, são os seguintes: Savoy (EM Ana Cândida Ebling de Oliveira, na Rua Octacílio Dantas, 606), Parque Jequitibá (EM Profª Ignêz Martins, na Avenida Marginal, s/nº), Gaivota (EM Olga Lopes de Mendonça, na Rua São Luiz, 136) e Guapurá (EM Profª Maria Patrocina Condota, na Rua P, s/nº). Outro núcleo fica no Oásis, com atividades de segunda e quarta, das 19 às 21 horas, na EM Harry Forssell, na Rua Emídio de Souza, 2.688.

Para se inscrever, não há limite de idade, bastando apenas ter mais que 6 anos; no caso de menores, é necessário estar com o responsável. Basta preencher uma ficha de admissão e, se necessário, apresentar laudo médico. O intuito é de atender principalmente crianças que estejam vinculadas a projetos sociais, fazendo também o acompanhamento do boletim escolar e orientação aos pais.


Palavras-chave: , , , ,