Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 21/09/2017 - Última modificação: 26/09/2017 - 17:19
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Vencedores do Concurso de Poesias Varal Verde são divulgados no Paço Municipal

CERIMÔNIA - A classificação foi anunciada nesta quinta-feira (21), no Paço Municipal



Mais de 170 pessoas participaram, de diversos estados, e até mesmo um de Portugal

Compartilhar:

O Concurso de Poesias Varal Verde, realizado pela Secretaria Municipal de Planejamento e Meio Ambiente, teve os seus vencedores divulgados nesta quinta-feira (21), Dia da Árvore. Esta, inclusive, foi a temática do concurso, que recebeu mais de 170 poesias de vários estados brasileiros, entre eles Acre, Amazonas, Rondônia, Ceará, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul, e até mesmo um de Portugal.

Confira as fotos

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A classificação foi determinada na segunda-feira, na sala de leituras Harry Forssell, e divulgada nesta quinta-feira (21) no Paço Municipal. Durante a cerimônia, os participantes receberam um certificado de participação, além de brindes. O anúncio dos vencedores foi feito pelo secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Ruy Santos.

Como parte da programação do Dia da Árvore, que também teve o plantio de mudas nas proximidades do Paço Municipal, também estiveram presentes os secretários Cristina Toledo, de Obras e Desenvolvimento Urbano; Douglas Luiz Rodrigues, de Fazenda; Eliseu Braga Chagas, de Desenvolvimento Econômico; Fábio Crivellari, de Saúde; Mara Figueiredo, de Habitação; Osvaldo Menale Júnior, de Gestão e Controle; Silvio Lousada, de Comunicação Social; e Vinícius Camba, de Serviços e Urbanização.

Os vencedores terão suas obras expostas no Centro Histórico da Cidade no próximo sábado (23), na Praça Narciso de Andrade, a partir das 14 horas, em ocasião que também terá uma edição da Feira de Trocas de Livros realizada pelo Conselho Municipal da Defesa do Meio Ambiente (Comdema), distribuição de mudas e contação de histórias.

A comissão julgadora foi formada por membros da Academia de Letras de Itanhaém, da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente e também do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema). Desta forma, foram escolhidos os finalistas, levando em consideração os critérios contidos no regulamento do concurso, que foi dividido em três categorias: infantil (8 aos 13 anos, com 104 poesias), juvenil (14 aos 18 anos, com 27 participantes) e adulto (acima de 18 anos, com 40 concorrentes).

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO POR CATEGORIA:

Infantil:

1º lugar – Poesia “Árvore da beira da estrada”, de Thamires Marques Alves Barreto, 13 anos, do 8º ano da EM Noêmia Salles Padovan;

2º lugar – Poesia “Árvore Querida”, de Aline Santana Evangelista, 9 anos, do 4º ano da EM Ana Cândida de Araújo Ebling de Oliveira;

3º lugar – Poesia “Árvores Encantadas”, de Vivian Brito de Moura dos Santos, 12 anos, do 7º ano da EM Silvia Regina Schiavon Marasca.

Juvenil:

1º lugar – Poesia “A árvore”, de Bianca Silva de Oliveira, 14 anos, do 9º ano da EM Noêmia Salles Padovan;

2º lugar – Poesia “ Árvore da Vida”, de Jeferson Rodrigo Diniz Junior, 14 anos, do 9º ano da EM Noêmia Salles Padovan;

3º lugar – Poesia “A sombra de uma árvore”, de Ester Melo do Nascimento, 14 anos, do 9º ano da EM Noêmia Salles Padovan.

Adulto:

1º lugar – Poesia “A árvore da Infância”, de Fábio Bahia de Oliveira, 40 anos, de Cipó (Bahia);

2º lugar – Poesia “O Oitizeiro Vaidoso”, de Deise Torres, 58 anos, de Rio Branco (Acre);

3º lugar – Poesia “Pau Brasil”, de Nilton Silveira, 72 anos, de Porto Alegre (Rio Grande do Sul).


Palavras-chave: , , , ,