Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 30/10/2017 - Última modificação: 30/10/2017 - 19:58
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Novo Hospital Regional é inaugurado com inovações e tecnologia de ponta

SAÚDE - Entrega contou com a presença do governador Geraldo Alckmin. A estrutura ocupa uma área de 12,9 mil m², com oito pavimentos e um heliponto



Foram investidos R$ 66,5 milhões e atenderá 100% dos pacientes pelo SUS, com o que há de mais moderno na medicina

Compartilhar:

Novas enfermarias com dois leitos, maternidade para pacientes de alto risco, sala de parto humanizado, UTI adulto e neonatal, moderno tomógrafo e muitas outras inovações e tecnologias de ponta fazem parte da infraestrutura do novo prédio do Hospital Regional Jorge Rossmann, entregue nesta segunda-feira (30), pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e diversas autoridades estaduais e municipais. A meta é chegar a 270 partos por mês, equivalente a 9 por dia.

Confira as fotos

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A nova estrutura ocupa uma área de 12,9 mil m², com oito pavimentos e heliponto. A obra, uma iniciativa entre a Prefeitura de Itanhaém e o Governo Estadual, começou em 2013 e o Município foi responsável pela desapropriação da área onde foi construído o novo edifício.

O prefeito de Itanhaém, Marco Aurélio Gomes, agradeceu ao governador pelo diversos investimentos realizados na Cidade. “Temos uma parceria com o Estado que tem rendido muitos frutos nas áreas da saúde, educação, turismo e saneamento básico. Agora, estamos recebendo um hospital com equipamentos modernos e muitas inovações na área da saúde que beneficiarão a população da nossa Cidade e toda a região do Litoral Sul”.

O governador Alckmin lembrou que foram investidos R$ 66,5 milhões, e o Hospital Regional seguirá atendendo 100% dos pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com o que há de mais moderno na medicina. “A região está ganhando um hospital de ponta em um prédio novo, com instalações novas, equipamentos de última geração para servir à nossa população. Temos aqui o que há de melhor em termos de medicina, telemedicina e humanização”.

Além de Itanhaém, o Hospital Regional atende os municípios de Mongaguá, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo. “Trata-se de um hospital completo. Com ele, o Governo do Estado reforça seu compromisso de fortalecer e aprimorar cada vez mais a assistência médica aos usuários do Sistema Único de Saúde”, afirmou David Uip, secretário de Estado da Saúde.

Estadualizado em 2008, o Hospital de Itanhaém é gerido pela Organização Social de Saúde Instituto Sócrates Guanaes (ISG) desde maio deste ano. O presidente do ISG, André Guanaes, destacou o trabalho dos 526 funcionários da unidade e o processo de transferência do antigo para o novo prédio. “Parabenizo a todos pelo trabalho realizado em Itanhaém. Já são 119 leitos em funcionamento e esperamos, gradativamente, aumentar a capacidade. É um benefício para toda a região”.

ESTRUTURA – Dentro da capacidade total de 192 leitos, são 34 de UTI adulto e neonatal. A unidade será referência no atendimento de média e alta complexidade para cinco municípios das regiões do Litoral Sul e Vale do Ribeira.

Há espaços como pronto-socorro adulto infantil, quatro salas cirúrgicas de grande porte, unidades de internação, centro de parto humanizado, sala de parto cirúrgico, central de material esterilizado e laboratório de análises clínicas. Atualmente, no Hospital Regional são oferecidas as seguintes especialidades: clínica médica, ginecologia, obstetrícia, cirurgia geral, otorrinolaringologista e pediatria.

A reforma garantiu total acessibilidade ao edifício, com aplicação de faixas táteis e placas em braile para direcionamento a pessoas com deficiência visual, além de sanitários especiais e outros equipamentos. A questão da sustentabilidade ambiental também é um diferencial, com sistema de aquecimento solar, reuso de água, além da utilização de lâmpadas especiais que garantem economia e eficiência a unidade. Na fachada, foram instaladas pastilhas cerâmicas como revestimento, facilitando a manutenção do edifício.

O Hospital tem equipamentos de última geração, como o aparelho de tomografia, o único público de todo o Litoral Sul. Atualmente, a maternidade atende cerca de 150 partos, podendo dobrar a capacidade de atendimento, quando estiver em pleno funcionamento.


Palavras-chave: , , , ,