Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 01/11/2017 - Última modificação: 06/11/2017 - 10:04
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Vai curtir o feriadão na praia? Recolha seu lixo: você é responsável por ele

MEIO AMBIENTE - Em Itanhaém há 26 km de praias, que estão próprias para o banho de mar na maior parte do ano



Recolha o seu lixo, pois você também é responsável por ele

Compatilhar:

Tempo favorável e feriado prolongado pedem praia. E curti-lo no Litoral Sul de São Paulo é uma boa pedida para quem quer aproveitar os dias com a família ou amigos em um dos cenários paradisíacos que só Itanhaém oferece. Contudo, o comportamento mal-educado de alguns banhistas pode atrapalhar a diversão e causar danos irreversíveis ao meio ambiente. Por isso, não se esqueça: recolha o seu lixo, pois você também é responsável por ele. Manter a praia limpa é dever de todos.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Em Itanhaém há 26 km de praias, que estão próprias para o banho de mar na maior parte do ano. Além de levar cadeira, guarda-sol e protetor solar, um item que não deve ser dispensado é a sacola para colocar o lixo durante o passeio. Desta forma, o banhista colabora com o meio ambiente, ao fazer da praia um local limpo e agradável para todos que passam pelo local. Aí vai uma dica: antes de sair de casa, faça uma lista com tudo o que precisa e, mais tarde, tenha certeza de trazer de volta.

Você sabia que o descarte de lixo inadequado é o principal causador da morte de animais marinhos? A poluição no mar é um agravante que pode matar ou debilitar animais, como tartarugas e golfinhos, que confundem plástico com alimento. “É muito importante que as pessoas tenham consciência de não jogar lixo descartável nas ruas e praias. Essas atitudes prejudicam diretamente a fauna marinha, já que os animais podem comer este tipo de material”, disse o secretário municipal de Planejamento e Meio Ambiente, Ruy Santos.

Uma ponta de cigarro, por exemplo, demora de 3 meses a 20 anos para se decompor; o palito de sorvete pode levar até seis meses e o plástico até 450 anos, sendo que este último, se for levado ao mar, pode ser confundido por alguns animais como alimento e trazer grandes consequências.

 


Palavras-chave: , , ,