Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 14/11/2017 - Última modificação: 01/12/2017 - 17:33
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

‘Fique Sabendo’ campanha realiza testes rápidos de HIV/AIDS até sábado

RÁPIDO - Os testes rápidos, desenvolvidos pelo Programa DST/AIDS e Hepatites Virais, são gratuitos e podem ser realizados durante a semana no Centro de Infectologia de Itanhaém (CINI)



Os testes rápidos, desenvolvidos pelo Programa DST/AIDS e Hepatites Virais, são gratuitos e podem ser realizados em uma das USFs ou no CINI

Compartilhar:

Ampliar e incentivar o diagnóstico precoce do HIV, além de orientar a população sobre a importância de exames para detectar a Sífilis. Estas são as propostas da campanha ‘Fique Sabendo’, do Governo do Estado, que segue até sábado (2), das 9 às 16 horas, na Escola Municipal Harry Forssell, localizado na Rua Emídio de Souza, 2.688, no Jardim Oásis. Os testes rápidos, desenvolvidos pelo Programa DST/AIDS e Hepatites Virais, são gratuitos e podem ser realizados durante a semana no Centro de Infectologia de Itanhaém (CINI).

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O método utilizado permite que os exames fiquem prontos em até 30 minutos, e a detecção precoce de uma das doenças é o sucesso para o tratamento, também oferecido na Rede Básica de Saúde. Os pacientes que obtiverem resultado positivo no exame terão acompanhamento médico e psicossocial no próprio CINI.

Neste sábado (2), serão realizados testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatite C. É importante salientar que o CINI e as USFs já promovem a testagem convencional. Mais informações, entrar em contato com o CINI pelo telefone (13) 3426-3350.

 


Palavras-chave: , , , , , ,