Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 30/11/2017 - Última modificação: 30/11/2017 - 17:51
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Alunos são surpreendidos com sala de cinema na EM Profª Shirley Mariano

EDUCAÇÃO - Sala de cinema foi construída com a ajuda dos funcionários da escola, além dos pais e responsáveis



Inauguração do cinema movimentou a comunidade e emocionou crianças

Compatilhar:

O aluno Fabrício Vieira de Castro, de 7 anos, caminhava feliz em direção a uma surpresa feita na EM Professora Shirley Mariano Estriga, que fica na região do Oásis. Quando finalmente entrou em uma sala, olhou pela primeira vez uma tela enorme onde estava passando um desenho infantil. Encantado, ele não sabia do que se tratava, mas se emocionou. Essa foi a primeira vez que ele conheceu um cinema.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Com o objetivo de utilizar a tecnologia de forma positiva para o processo de ensino e aprendizagem, a equipe da escola resolveu criar um cinema para todos os estudantes do local. Para ajudar na construção do cinema, foi utilizado o dinheiro arrecadado durante as festas de meio de ano, com o Miss Caipirinha.

De acordo com o diretor da escola, José Éder Castellan Vieira, a inauguração do cinema foi uma grande emoção para todos os alunos. “A escola precisa ser um ambiente prazeroso, gostoso e divertido para as crianças. A tecnologia, utilizada de forma correta, é um recurso que pode trazer bons frutos”, contou.

O aluno Fabrício, após assistir ao filme, ficou sem palavras. “Foi tão incrível que não sei como explicar, estou muito feliz e emocionado”, afirmou. A mãe do estudante, Andriene Aparecida Vieira, se sentiu uma criança. “Não foi apenas a primeira vez do meu filho, como a minha também. É uma oportunidade linda”, concluiu.

Já a aluna Beatriz Suriano Novaes, de 7 anos, tentou explicar esse momento de grande emoção. “Quando eu entrei no cinema da escola, senti um frio na barriga. Me deu uma vontade de chorar, uma emoção muito forte, eu amei a experiência”.

 


Palavras-chave: , , ,