Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 20/12/2017 - Última modificação: 26/12/2017 - 13:26
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Feriado limpo e alegre: gari aproveita o Natal em serviço

SERVIDOR - Conheça a gari Rosa Pupo Ferreira, que vai curtir a família e poucas horas depois já estará na ativa



Rosa trabalha há mais de 10 anos nesta função e se diverte em plena limpeza pós-festas

Compartilhar:

O Natal está chegando e, após a tradicional ceia, muitas pessoas aproveitarão o feriado na segunda-feira (25) para conhecer a Cidade. Por isso, nada mais essencial do que encontrar uma Itanhaém limpa, bonita e bem conservada. Este é o trabalho da gari Rosa Pupo Ferreira, de 39 anos, que vai curtir a família e poucas horas depois já estará na ativa.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Rosa trabalha há mais de 10 anos nesta função e se diverte em plena limpeza pós-festas, pois o clima de confraternização afeta positivamente o trabalho. “Quando acontece um evento de grande porte ou uma data comemorativa, nós fazemos a limpeza o mais rápido possível. As pessoas estão brincando, em festa, e nós vamos passando junto. Além de se divertir, a gente está fazendo algo de bom para o Município. Às vezes, algumas pessoas até tiram fotos com a gente. O reconhecimento é bem bacana”, disse ela.

Para uma estância turística como a nossa, o dia de descanso para os outros acaba se tornando uma jornada de trabalho para ela. “Cada um deve fazer a sua parte, e os garis estão em todos os lugares: nas praças, no comércio, nas praias e nos pontos turísticos. Existe toda uma escala, de acordo com a necessidade. As pessoas se sentem respeitadas, valorizadas quando estão passeando num lugar e veem que há todo um respaldo para que ela se divirta, com toda limpeza”.

Mas para isso acontecer, é necessária a conscientização de todos. Caso leve sua comida ou bebida, recolha todo o material gerado. Ano após ano, Rosa e seus colegas de trabalho encontram produtos como sacos plásticos, papéis, garrafas pet e, principalmente, de vidro, cujos estilhaços podem machucar as outras pessoas e causar danos sérios. Além disso, os animais marinhos são os principais afetados, caso entrem em contato com esse tipo de lixo gerado pelos banhistas.

Por isso, a limpeza tem que ser praticamente imediata, sobretudo no Ano Novo. “Muitas pessoas vão para a praia curtir a queima de fogos e, por estarem descansando, ficam até mais tarde. Por isso, o serviço já é executado na madrugada. Já quem foi cedo para casa deve acordar logo pela manhã e geralmente vai aos pontos turísticos logo cedo, e por isso também deve estar tudo em ordem. Nosso serviço não para”.

Mas e a festa na família de Rosa? Acontece normalmente. Ela tem quatro filhos, duas adultas e dois adolescentes, e mesmo trabalhando pouco depois da ceia, consegue aproveitar normalmente. “Pra mim, é um momento de agradecimento, por todas as coisas que aconteceram no ano, sejam elas boas ou ruins. Sou católica, gosto muito dessa época. Aqui em Itanhaém, isso é uma tradição”.


Palavras-chave: , , , , ,