Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 27/12/2017 - Última modificação: 03/01/2018 - 09:40
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Fiscalização do comércio será intensificada no Verão

LICENÇA - Operação é executada nos centros comerciais, na orla e nas praias



A população pode realizar denúncias por meio do telefone (13) 3421-1600, ramais 1295 ou 1257

Compartilhar:

A temporada de Verão atrai milhares de pessoas para Itanhaém e, por conta disso, o comércio local aproveita para aumentar o seu faturamento. Como forma de garantir que os serviços e produtos oferecidos sejam de qualidade, além de não prejudicar aqueles que cumpriram todas as exigências nos respectivos prazos, a Prefeitura de Itanhaém intensificará a fiscalização do comércio neste período.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A operação é executada nos centros comerciais, na orla e nas praias. Caso alguma irregularidade seja constatada pelos fiscais, ou até mesmo a falta da licença, o ambulante receberá uma notificação e multa. Caso não tenha licença, os produtos serão recolhidos. O ambulante terá quinze dias para apresentar nota fiscal; caso contrário, todo o material será revertido para o Fundo Social de Solidariedade. Em caso de alimentos perecíveis, este prazo será diminuído para apenas 24 horas.

Para aqueles que não fizeram a renovação até agosto deste ano, a atividade está proibida a partir de 1º de janeiro de 2018. A população pode realizar denúncias por meio do telefone (13) 3421-1600, ramal 1650. O atendimento é das 9 às 16 horas, de segunda a sexta-feira.

“Temos que coibir este tipo de ação porque muitos vêm de fora para aproveitar o nosso movimento de verão e não se preocupam com as regras. Durante o ano, nos reunimos com diversos ambulantes e donos de estabelecimentos para melhorar ainda mais o atendimento ao público, organizando melhor o nosso espaço. Outra questão importante é a da manipulação de alimentos e regras específicas de higiene”, afirmou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Eliseu Braga Chagas.


Palavras-chave: , , , , , ,