Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 19/01/2018 - Última modificação: 22/01/2018 - 10:06
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Bugueiros entram em sintonia com o ‘Verão no Clima’ e se reúnem para limpeza e exposição

IMPERDÍVEL - Neste sábado (27), a partir das 13 horas, na Praia dos Pescadores, a equipe realizará uma ação de conscientização e mostra com mais de 40 bugues



Além da ação de limpeza, os bugues, de diferentes modelos, estarão em exibição a céu aberto

Compartilhar:

Quem nunca quis andar de bugue na infância? Quem nunca se perguntou como é pilotar esta “belezura” de mais de 50 anos, que teve seu primeiro modelo produzido no Brasil na década de 60, quando o estilo “free” ganhava notoriedade entre os apaixonados por aventura? Em Itanhaém, há três anos, um grupo de amigos decidiu criar seu próprio clube, Equipe Cavalete, que no início queria apenas aproveitar a natureza sobre quatro rodas, mas agora mira em projetos sociais e ambientais. E neste sábado (27), a partir das 13 horas, na Praia dos Pescadores, os bugueiros entrarão na mesma sintonia do ‘Verão no Clima’, do governo estadual, com exposição de mais de 40 bugues e limpeza na praia antes do Festival Regado a Reggae.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Além da ação de limpeza, os bugues, de diferentes modelos, estarão em exibição a céu aberto. “A ideia é conscientizar a população. Mostrar para ela que é preciso preservar a natureza, por meio de pequenas ações no dia a dia. Este será o nosso objetivo para o próximo fim de semana. Vamos juntar bugueiros daqui e de outras cidades”, conta Evandro Rodrigues Pisani, que é funcionário público e veterano do grupo. No Natal do ano passado, os amigos se reuniram, juntaram dinheiro e compraram presentes para distribuir às famílias mais carentes da região. “Foi muito importante ter participado desta atividade e, principalmente, presenciar a felicidade no rosto das crianças. Elas ficam encantadas quando veem os bugues”.

De bugue em bugue, eles montaram uma equipe. Sabe aquela expressão que diz: ‘tudo começou no fundo de quintal?’. Isso se aplica, mais ou menos, em como a ideia foi lançada, em um churrasco entre amigos. No início era apenas diversão, passeio em família, aproveitar sobre quatro rodas o que a natureza tem a oferecer. Porém, a ideia tomou proporções maiores e tem atraído adeptos de outras cidades.

E por que não motos? Ele explica: “Moto é um passeio que você faz praticamente sozinho, já o bugue é um hobby para a família. As crianças adoram passear nele, e é um veículo acessível porque a manutenção é mais barata. No começo era apenas um. Agora, em nossa equipe de Itanhaém, são 15 bugues”, relembra o funcionário público, Evandro, que não abre mão das atividades. O pequeno Bernardo, seu filho mais velho, de 4 anos, não esconde o gosto semelhante ao do pai. “Ele adora. Tem até uniforme, o mesmo que todos os integrantes usam. Ele sempre me pede a camiseta”, conta com orgulho.

Outro veterano engajado nas ações é o bancário Bruno Panebianchi Machado. Ele diz que os encontros rendem risadas e passeios incríveis por trilhas, como a do Gaivota – bairro de Itanhaém – Ilha Comprida, Iguape e Ilhabela. As reuniões maiores acontecem, em sua maioria, em 29 de janeiro, quando é comemorado o Dia Nacional do Bugue. “Com a equipe de Itanhaém acontece semanalmente. Já os encontros com os demais bugueiros são, pelo menos, uma vez por mês”, conta Bruno, que, acompanhado dos demais integrantes, criou no ano passado uma página na rede social para divulgar os passeios. E não é que deu certo? “As pessoas começaram a nos procurar. E daí, a equipe foi crescendo”.

VERÃO NO CLIMA – O projeto já teve o seu pontapé inicial nas praias de Itanhaém e em diversos outros municípios do litoral. O intuito é de deixar as praias mais limpas, conscientizando os banhistas sobre a preservação ambiental e garantindo a diversão de todos. Pensando nisso, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, em parceria com a Prefeitura de Itanhaém, trouxe as atividades para a Cidade, que irão até 14 de fevereiro, data que marca o fim da temporada.


Palavras-chave: , , , , ,