Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 23/01/2018 - Última modificação: 23/01/2018 - 20:43
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

“É uma alegria contar com as cadeiras”, diz funcionária pública sobre o Praia Acessível

BANHO DE MAR - Os equipamentos estão à disposição da população de quinta a domingo, das 10 às 16 horas, na Praia dos Sonhos, até o fim da alta temporada



Cadeiras foram construídas com alumínio e pneus especiais que permitem a movimentação na areia e não afundam no mar

Compartilhar:

Um dia ensolarado combina com praia. Mas alguns, por causa de uma deficiência física, têm dificuldade de aproveitar o banho de mar sozinho ou até mesmo em família. No entanto, um programa do governo estadual, o Praia Acessível, está ampliando o acesso mediante cadeiras anfíbias que possibilitam que pessoas usufruam da água do mar com segurança. Em Itanhaém, os equipamentos estão à disposição da população de quinta a domingo, das 10 às 16 horas, na Praia dos Sonhos, até o fim da alta temporada, sujeito a mudança.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

As cadeiras foram construídas com alumínio e pneus especiais que permitem a movimentação na areia e não afundam no mar, sempre com um monitor que acompanha o cadeirante até a água. O programa é fruto de um convênio entre a Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência e as cidades litorâneas e cede cadeiras para pessoas com deficiência que queiram se refrescar no mar.

“Este programa concede, mesmo que temporariamente, as cadeiras, e muda a rotina de muitas pessoas. É uma delícia sentir esta sensação de liberdade”, conta a funcionária pública, Fabiana de Souza, 33 anos. Ela tem paralisia cerebral e elogia o programa, que tem seu posto está montado na Praia dos Sonhos. “Voltarei mais vezes, com certeza”.

É importante ressaltar que na alta temporada do ano passado, entre os meses de janeiro e março, mais de 550 pessoas foram beneficiadas pelo Programa Praia Acessível, que atende ao direito de lazer do cidadão, conforme o artigo 30 da Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Para quem quiser participar, basta levar o documento do usuário e também do acompanhante, além de preencher um termo de responsabilidade. Os deficientes e idosos são acompanhados por monitores da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.

 


Palavras-chave: , , , ,