Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 08/03/2018 - Última modificação: 08/03/2018 - 09:57
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Mães e alunos brincam juntos em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

EDUCAÇÃO - EM Profª Divani Maria Cardoso, na Vila Loty, realiza atividades em conjunto com a comunidade



Diversão e aprendizagem podem caminhar lado a lado

Compartilhar:

A escola não pode ser encarada apenas como um ambiente para as crianças, e sim para as famílias como um todo. É com essa ideia que a EM Profª Divani Maria Cardoso, na Vila Loty, conduz suas atividades durante o ano letivo. Na semana do Dia Internacional da Mulher, não foi diferente: uma gincana foi realizada nesta quarta-feira (7), envolvendo os alunos e suas mães. Afinal de contas, diversão e aprendizagem podem caminhar lado a lado.

Confira as fotos

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A série começou com um alongamento para todos os presentes. A seguir, vieram as brincadeiras: primeiro, o famoso “vivo ou morto”, jogo de coordenação motora; depois, uma espécie de circuito, com arremesso de bolas; outra modalidade adorada pelos mais jovens, o cabo de guerra; e, por fim, a também tradicional dança das cadeiras.

Adulto ou criança, todos curtiram. É o caso de Michele Xavier, de 33 anos, dona de casa, que veio acompanhar a filha Mell Xavier de Oliveira, de apenas 9, que está no 5º ano. “Aqui, dá a impressão que eles conseguem dar uma atenção ainda maior aos alunos”, disse a mãe, cuja filha já estudou em diversos locais. O outro filho, Michel, de 7 anos, está no período da tarde. Quando perguntada sobre quais datas especiais ela mais aguarda, Mell não teve dúvidas: “No Dia das Mães, a gente também faz apresentações”.

Outra família que brincou bastante foi a da agente de saúde Adriana Lilian Scrafani Oliveira, de 39 anos. A filha Ellen Cindy Oliveira, que tem 8, estuda no próprio bairro desde pequena, já que frequentava a Creche Jeanette Sciasci Casarin, situada na mesma rua. Com relação à presença dos pais, Adriana comemora: “É importante para criança e para a escola também. É legal que os pais estejam juntos, querendo participar. A escola, para mim, está ótima. Sinto-me mais segura, porque estamos sempre interagindo, dando opinião”.

O envolvimento da comunidade tem diversos intuitos, inclusive o de zelar pelo espaço público. “Se não houver essa participação, não tem como preservar a escola. Geralmente, as pessoas não cuidam daquilo que não é seu. Os adultos, por exemplo, têm que entender que a escola é um bem que vai servir para os filhos deles”, disse a diretora, Viviane Silva de Paula, de 36 anos, que trabalha na função há 9, sendo os últimos 4 na própria EM Profª Divani Maria Cardoso.

“Nossa intenção é de incentivar o trabalho do professor, estabelecer um diálogo com as pessoas. O ensino de qualidade para todos é o dever que temos que cumprir. Por isso, é necessário um trabalho motivacional. Com planejamento e organização, podemos dividir as responsabilidades e melhorar cada vez mais”, completou.

O cronograma da escola vai muito além das aulas regulares. Nos últimos anos, por exemplo, a EM Profª Divani Maria Cardoso participou ativamente de ações de arrecadação, como de lacres (que são trocados por cadeiras de rodas), lenços (como parte da campanha Outubro Rosa) e agasalhos. Além disso, gincanas e apresentações acontecem em datas especiais, como na Semana do Brincar, que é comemorada na semana do dia 28 de maio, de acordo com a Lei Municipal 4.056.


Palavras-chave: , , , ,