Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 07/05/2018 - Última modificação: 28/05/2018 - 11:48
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Festa do Divino segue até domingo; haverá premiação ‘Letras do Divino’

TRADIÇÃO - O evento é realizado em Itanhaém há mais de 300 anos



O evento foi trazido pelos colonizadores portugueses e tem origem no século XIII

Compartilhar:

Um dos eventos culturais mais esperados do ano, a Festa do Divino Espírito Santo é realizada há mais de 300 anos em Itanhaém. A edição 2018 está em andamento, com quermesse aos fins de semana até domingo (3), com ampla programação na praça de alimentação e apresentações culturais promovidas pela Paróquia Nossa Senhora de Conceição de Itanhaém. Neste domingo (3), haverá a premiação do XIII Concurso “Letras do Divino”.

Confira as fotos da abertura com a Noite da Soca

Confira as fotos da Procissão e Solene Erguida do Mastro

Confira as fotos do preparo do pão bento

Confira as fotos do segundo final de semana da Festa

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

HISTÓRIA – O evento foi trazido pelos colonizadores portugueses e tem origem no século XIII. A rainha Isabel “abdicou” de sua coroa, com o intuito de afirmar que, enquanto os problemas do reino não fossem solucionados, quem comandaria seria o Divino Espírito Santo. No Dia de Pentecostes, toda a corte se dirigiu à catedral de Alenquer para depositar no altar-mor a coroa, o cetro e a bandeira. Depois disso, reinou a paz e a tranquilidade. Por esse motivo, a rainha prometeu repetir a cerimônia todos os anos.

Vale lembrar que a celebração começa bem antes da própria Festa, com a Folia do Divino iniciando em fevereiro e percorrendo os bairros da Cidade, passando pelo Rio Acima e terminando com uma missa de encerramento na noite anterior à Noite da Soca.

A celebração também possui três figuras principais: a Imperatriz, o Imperador e o Capitão do Mastro. Os dois primeiros revivem a rainha Isabel e a corte, agora destinados a propagar o Império Divino. Já o último é responsável pela Erguida do Mastro, ato que dá início solene à Festa.

Confira a programação:

 

DOMINGO (03/06)

20 horas – Premiação do XIII Concurso “Letras do Divino” e Sorteio do Prêmio “O Divino em Minha Casa” – Igreja Matriz


Palavras-chave: , , ,