Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 18/05/2018 - Última modificação: 18/05/2018 - 17:24
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

CNH digital: saiba como tirar e cadastrar o documento no celular

TECNOLOGIA - O documento digital tem o mesmo valor jurídico do impresso, com o diferencial da praticidade e segurança



Para solicitar a CNH-e, o motorista já deve ter uma habilitação impressa com QR Code

Compartilhar:

Motoristas da Cidade já podem solicitar a Carteira Nacional de Habilitação Digital (CNH-e) por meio de um aplicativo. A versão do documento na tela do celular tem o mesmo valor jurídico do impresso, com o diferencial da praticidade e segurança. Entretanto, vale ressaltar que a emissão é opcional.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Para solicitar a CNH-e, o motorista já deve ter uma habilitação impressa com QR Code e, então, se cadastrar no portal de serviços do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Caso o condutor já tenha cadastro no Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), que possibilita o pagamento de multas de trânsito com 40% de desconto, não será necessário nova entrada. A solicitação deve ser feita pelo portal com a mesma senha do SNE.

Segundo o diretor do Detran de Itanhaém, Marcelo Marques de Oliveira, o serviço trará benefícios ao motorista: “Temos procurado facilitar cada dia mais a vida do cidadão, e continuaremos buscando oferecer novos serviços para que a população tenha mais agilidade e segurança”.

Com base na Legislação Federal, o Detran-SP elaborou um passo a passo sobre a emissão da CNH Digital. Veja abaixo:

Passo 1 – Identifique sua CNH

Verifique se na parte interna da CNH está impresso o QR-Code – o código de barras em formato quadrado. As CNHs de papel emitidas a partir de maio de 2017 já contam com esse item de segurança.

Passo 2 – Condições da CNH atual

CNH tem o QR-Code, mas não possui o Certificado Digital (e-CPF) – Neste caso, o motorista deve ir ao um posto do Detran da Cidade para efetuar presencialmente seu cadastro, levando um documento de identificação original, e solicitar a CNH Digital posteriormente no aplicativo do Governo Federal.

Quem tem e-CPF deve fazer o cadastro no Portal de Serviços do Denatran: portalservicos.denatran.serpro.gov.br. Na página de serviços, no menu “Usuário”, clique em “Cadastro”. Feito isso, será enviado um e-mail para ativação. Após a confirmação, entre com login (CPF) e senha. Complete as informações pessoais no menu “Usuário” e opção “Meus dados”, informando CNH, número de segurança da CNH (que fica no verso) e o número do celular. No menu CNH Digital, efetue a adesão clicando no link “Ativação”. Quando finalizar o processo, o usuário receberá um SMS no celular e poderá fazer o download da CNH via aplicativo.

CNH não tem QR-Code – O motorista/motociclista deve pedir a 2ª via. Se não tiver e-CPF, deve ir unidade do Detran, na Avenida Harry Forssell, 1.505, Jardim Sabaúna, (Rodoviária). Lá, ele cadastrará e-mail e número de celular para registro na base de dados do Denatran, o que permitirá pedir a CNH digital após a emissão da CNH impressa com QR-Code. O cidadão deve pagar taxa de R$ 42,41 pela emissão do documento em papel. Ao finalizar o processo, receberá SMS informando que poderá realizar o download da sua CNH via aplicativo.

Passo 3 – Baixando o aplicativo

Aplicativo para celular da CNH Digital, da Serpro – Disponível nas lojas virtuais Play Store para sistema Android, ou na iTunes para sistema iOS. No aplicativo, use a senha de acesso ao Portal do Denatran (o login é seu CPF) e digite o código de ativação. O aplicativo vai pedir a criação de uma senha simples, de quatro números, que o usuário deve digitar sempre que acessar a CNH Digital. Mesmo off-line, ou seja, sem internet, será possível acessar a habilitação no smartphone.


Palavras-chave: , ,