Publicado em: 25/05/2018 - Última modificação: 16/11/2020 - 12:41
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Coleta de lixo e transporte coletivo têm alterações devido ao desabastecimento

NOTA - Serviços essenciais nas áreas da educação, limpeza urbana, saúde e transporte público estão garantidos até segunda-feira (28)



Devido à paralisação dos caminhoneiros em todo o país, alguns serviços públicos tiveram seus serviços prejudicados

Compartilhar:

Devido à paralisação dos caminhoneiros em todo o país, e o consequente desabastecimento, alguns serviços públicos tiveram sua programação alterada. A Litoral Sul Transportes, responsável pelo transporte coletivo na Cidade, está trabalhando com redução de 50% nos horários de menor fluxo nas linhas Gaivota/Centro, Mambu/Centro e Cabuçu/Cesp. As outras linhas continuam com atendimento normalizado. A empresa afirma que tem combustível até a próxima segunda-feira (28).

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A coleta de lixo domiciliar continua sendo realizada diariamente nas áreas comerciais. Nos bairros, os serviços passam a ocorrer em dias intercalados. Os resíduos hospitalares deixaram de ser recolhidos.

A Guarda Civil Municipal segue com viaturas atendendo normalmente e o Centro de Operações e Inteligência segue atendendo as ocorrências e monitorando qualquer tipo de problema.

Também até a próxima terça-feira (29), estão garantidos trabalhos de conservação e manutenção de vias públicas. A Elektro priorizará os serviços de urgência para o restabelecimento de iluminação pública. As feiras livres nos bairros e a Feira do Produtor, que ocorre aos sábados no estacionamento do Paço Municipal, não sofrem alterações.

Quanto à Rede Municipal de Ensino, os serviços estão normalizados também até a próxima segunda-feira (28), com distribuição da merenda escolar e o transporte dos alunos. Se não voltar o abastecimento, as aulas serão suspensas.

Na saúde, visitas domiciliares foram canceladas assim como atividades administrativas envolvendo veículos. Medicamentos e insumos médicos, a partir da próxima semana, poderão sofrer com o desabastecimento acentuando a medida que os estoques forem terminando.


Palavras-chave: , , , ,