Serviços
acessibilidade



Publicado em: 25/05/2018 - Última modificação: 16/11/2020 - 12:41
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Escola de Pais: todos juntos aprendendo e se divertindo

EDUCAÇÃO - É o caso da EM Maria Aparecida Soares Amêndola, no bairro Nossa Senhora do Sion, que realizou atividades especiais



Alunos realizaram peças teatrais e apresentações de música, incluindo um coral

Compartilhar:

A integração entre pais e escola é fundamental para o desenvolvimento dos seus filhos. Pensando nisso, as unidades da Rede Municipal de Ensino realizam atividades que visam aproximar as duas partes. É o caso da EM Maria Aparecida Soares Amêndola, no bairro Nossa Senhora do Sion, que realizou uma “Escola de Pais” na última quarta (23), com participações especiais dos mais jovens.

Confira as fotos

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Além de uma verdadeira aula, que incluiu aspectos da relação entre a unidade e o seu papel na orientação às crianças, os adultos puderam se divertir. Alunos realizaram peças teatrais e apresentações de música, incluindo um coral. A ocasião marcou também uma homenagem por conta do Dia das Mães, comemorado anteriormente neste mês – inclusive, alunos da própria EM Maria Aparecida Soares Amêndola participaram de um vídeo especial produzido pela Prefeitura de Itanhaém.

Os pais levaram para casa exemplos de como reaproveitar alimentos que, anteriormente, eram descartados, em iniciativa da nutricionista voluntária Cícera Edvani de Lima Cordeiro. Um dos destaques foi o doce de melancia, que utiliza a parte branca da casca, que não costuma ser ingerida. A fruta é oferecida na merenda escolar.

E as mães, claro, adoraram. É o caso de Katia Cristina de Palma Lima, cuja filha, Mariana, está no 9º ano. “Sinto-me muito acolhida nesse espaço. Todos são muito receptivos, abertos para que as mães possam expor suas necessidades”, disse ela, que sempre está presente em reuniões de pais e responsáveis. “É muito importante que todos enxerguem a vivência de seus filhos na escola. Quais atividades eles realizam além do conteúdo programático”, completou.

Para a garotada, a chance de se apresentar para um pátio repleto de pessoas é bem-vinda. Yasmin Pucci Batista da Silva, de apenas 13 anos, foi a protagonista da releitura da peça “A Princesa e a Ervilha”. Alunos do período da manhã readaptaram a história (criada pelo dinamarquês Hans Christian Andersen, em 1835) e os jovens da tarde a apresentaram. “Faço peças desde o 5º ano e já estou acostumada”, disse a jovem, que admitiu que sonha em ser atriz um dia.

Trazer a comunidade para o ambiente escolar é um desafio em qualquer lugar. A diretora Sandra Regina Veloso falou sobre a programação da Escola de Pais: “Este é um projeto sequencial, vem de vários anos. Nosso intuito é de acolher os pais, sobretudo aqueles cujos filhos acabaram de entrar no Ensino Fundamental II, da 6ª série em diante. Para estes, são muitas novidades no que diz respeito ao convívio de seus filhos. É uma oportunidade de mostrar nosso ambiente para todos”, afirmou.


Palavras-chave: , , ,