Serviços
acessibilidade



Publicado em: 03/08/2018 - Última modificação: 16/11/2020 - 12:33
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Região discute viabilidade turística e transporte de passageiros por linha férrea

MOBILIDADE - A reativação da Linha Santos-Jundiaí (Sorocabana) foi a pauta da reunião realizada em Itanhaém, na manhã desta sexta-feira (3), e reuniu parlamentares, prefeitos, autoridades e representantes da empresa Rumo Logística



A utilização da linha férrea que corta a Baixada Santista, o Litoral Sul até o Vale do Ribeira, administrada pela concessionária Rumo Logística, foi o tema do encontro

Compartilhar:

A utilização da linha férrea que corta a Baixada Santista, o Litoral Sul até o Vale do Ribeira, administrada pela concessionária Rumo Logística, foi o tema da reunião promovida pelo Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira e Litoral Sul (Codivar), realizada na manhã desta sexta-feira (3), no Paço Municipal. Estiveram presentes os prefeitos das cidades de Itanhaém, Praia Grande e Itariri, além de parlamentares, representantes de Peruíbe e Pedro de Toledo e diretores da empresa.

Confira as fotos

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O encontro discutiu a viabilidade turística e o transporte regional de passageiros pela malha ferroviária, conhecida como Linha Santos-Juquiá (Sorocabana), pois segundo o representante da Rumo Logística, Emanoel Tavares, há um estudo de inviabilidade técnica para transporte de cargas na região. A proposta da empresa é devolver esse trecho ao Governo Federal e criar um fundo compensatório, de cerca de R$ 200 milhões para os Municípios.

“A volta do trem Maria Fumaça daria um grande impulso para o desenvolvimento econômico e turístico”, afirmou o prefeito de Itanhaém e presidente do Codivar, Marco Aurélio Gomes, que descreveu o encontro como uma janela de oportunidades para toda a Região.

Para o deputado federal, João Paulo Tavares Papa, o que inibe o desenvolvimento regional é a falta de mobilidade urbana, pois apesar da malha rodoviária paulista ser a mais avançada do país, faltam investimentos em outras formas de transporte, como o ferroviário.

Novas reuniões serão agendadas pelo Codivar com representantes do Vale do Ribeira e Baixada Santista. Na próxima semana, com os técnicos das cidades. Depois, entre os dias 13 e 17 de agosto, todos os prefeitos se reunirão. Em seguida, um encontro está previsto entre os dias 20 e 24 deste mês com os prefeitos e a equipe técnica de engenharia da Rumo Logística.

Participaram do encontro, além do chefe do Executivo de Itanhaém e presidente do Codivar, Marco Aurélio Gomes e do deputado federal, João Paulo Tavares Papa, o superintendente do Codivar, Wilber Rossini e os prefeitos de Itariri, Dinamérico Gonçalves, de Praia Grande, Alberto Mourão, e ainda secretários municipais, vereadores e diretores da empresa Rumo Logística.

 


Palavras-chave: , , , , ,