Serviços



Publicado em: 05/09/2018 - Última modificação: 16/11/2020 - 12:31
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Cidade investe na qualidade da merenda e insere mais produtos orgânicos à refeição

ALIMENTAÇÃO - Acompanhados por nutricionistas, os cardápios são balanceados e seguem rigorosamente as recomendações do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae)



Merenda escolar é oferecida a alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio, Técnico e projetos educacionais

Compartilhar:

Investir na alimentação de qualidade já nos anos iniciais da educação é fundamental também para o rendimento escolar. E recentemente os alunos ganharam um importante reforço nas refeições escolares com a inserção da beterraba e do repolho orgânicos, combinando no mesmo prato sabor e produtos de alto valor nutricional. Acompanhados por nutricionistas, os cardápios são balanceados e seguem rigorosamente as recomendações do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

A merenda escolar é oferecida a 25 mil alunos, distribuídos entre Educação Infantil, Ensino Fundamental, Médio, Técnico e projetos educacionais, além das escolas indígenas da Aldeia do Rio Branco e Tangará. Outra preocupação da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes é com a alimentação de estudantes com intolerância a lactose, glúten, hipertensão, diabete e fenilcetonúria (alergia a proteína). Para estes, a refeição é produzida conforme recomendações médicas.

Um diferencial da merenda de Itanhaém é que os produtos encaminhados às unidades escolares são, em sua maioria, de agricultores rurais da Cidade e chegam frescos às mesas de centenas de estudantes. O Banco de Alimentos do Município é o mediador da parceria e, também, responsável pelo Programa de Aquisição da Agricultura (PAA) Familiar (PNAE/2011) que fornece banana nanica, banana prata, couve, mandioca, tomate, palmito pupunha e chuchu à Rede Municipal e Estadual.

Nutritivos, os pratos adotam padrões exigidos pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar e a Recomendação Diária Alimentar, considerando 350 calorias, tendo ainda de 9 a 12 gramas de proteínas para alunos da Educação Infantil, Fundamental e escolas estaduais.


Palavras-chave: , , ,