Serviços
acessibilidade



Publicado em: 25/10/2018 - Última modificação: 16/11/2020 - 12:26
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Parque para alunos especiais é inaugurado na EM Noêmia Salles Padovan

NOVIDADE - Resultado do projeto “É brincando que se aprende”, o local visa trabalhar de forma mais dinâmica o desenvolvimento dos alunos



União entre a equipe pedagógica e os pais dos alunos foi uma das características mais importantes para o sucesso do projeto

Compartilhar:

Felicidade e ansiedade. Características impossíveis de passar despercebidas nos rostos das professoras, estagiários e pais presentes na inauguração do Parque da Sala Especial na EM Noêmia Salles Padovan, que aconteceu no último dia 23. A união entre a equipe pedagógica e os pais dos alunos especiais começou em junho de 2018, onde ambos se reuniram para ações em prol do projeto “É brincando que se aprende”, que visava a construção de um parque com brinquedos sensoriais para as crianças.

 Confira as fotos

 Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O local é repleto de cor e graça, consequência do trabalho de Rosana Cristina Ribeiro, que pegou das aulas de arte dos pequenos o carimbo da mão de cada um e a partir disso, criou desenhos que mudaram e coloriram a aparência de todo o parque. “Eu não quis tirar a característica de cada criança, procurei preservar ao máximo”, explica Rosana. Além disso, a inauguração contou com a presença de palhaços que divertiram as crianças e com a distribuição de pipoca, algodão doce e balas.

O projeto surgiu quando, buscando a melhoria na qualidade do ensino de seus alunos com deficiências físicas e intelectuais, a professora Lucilene Costa alertou a gestão da escola da necessidade de um espaço de diversão em que os pequenos também desenvolveriam a coordenação motora e a brincadeira em conjunto. Desta forma, começou a planejá-lo no início de junho, e com a colaboração dos pais e estagiários da escola, buscou informações sobre o que era necessário para a realização do parque, quais brinquedos fariam parte e quais benefícios acrescentariam para as crianças.

Decididos que o parque seria construído a partir de materiais recicláveis, principalmente com pneus, os envolvidos se reuniram para decidir qual a forma que arrecadariam o dinheiro necessário, escolhendo os bazares. Então, a conscientização para conseguir peças e acessórios, começou na própria escola quando a professora visitou sala por sala para explicar o projeto e pedir a colaboração com doações de roupas para o bazar.

O sucesso não demorou decorrente do empenho de todos e da colaboração de autoridades, amigos e a comunidade em geral, principalmente dos pais e estagiários. “Sem eles, nada disso seria possível. É uma felicidade extrema poder concretizar o objetivo do projeto. Gostaria de agradecer a todos e reforçar que a união faz a força”, destacou Lucilene.

A professora ainda explicou a função de cada brinquedo que ali estava para o desenvolvimento da criança. A pirâmide, por exemplo, trabalha o movimento do aluno, o subir e descer, já a centopeia é uma espécie de circuito que desenvolve a lateralidade do corpo e o caminhar, passos importantes para as crianças especiais.

Andresa Jardim de Oliveira é mãe de Bryan de Oliveira, de 10 anos, que estuda na instituição. Ela explica a evolução do filho com o carinho das professoras e estagiários: “O trabalho é feito de forma lenta, mas apresenta ótimos resultados. O parque é estrategicamente em um local tranquilo e isolado para não irritar os alunos com sons altos, e a areia, os pneus, tudo é pensado para eles, por isso, estou muito feliz com o resultado”, ressaltou a mãe de Bryan.

A inauguração contou com a presença de autoridades do setor de Educação, entre elas, o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Douglas Luiz Rodrigues e o vice-prefeito Tiago Cervantes. “É um prazer prestigiar a bem sucedida concretização do projeto. Quero parabenizar o esforço e a colaboração de todos”, observou Tiago Cervantes. Já o secretário Douglas ressaltou que o destinatário final de todo o trabalho são as crianças e que isso torna o projeto ainda mais bonito, encantador e recompensador.


Palavras-chave: , , , ,