Serviços
acessibilidade



Publicado em: 29/10/2018 - Última modificação: 16/11/2020 - 12:26
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Dia da Mulher tem ação especial nas Unidades de Saúde da Família

OUTUBRO ROSA - O mês é conhecido como o da conscientização e da prevenção à saúde da mulher



Mulheres de diferentes locais realizaram exames preventivos e participaram de palestras de orientações sobre o câncer de mama, colo do útero, entre outros temas

Compartilhar:

Uma ação realizada no último dia 27, nas Unidades de Saúde da Família (USFs) e no Centro Especializado na Saúde da Criança e da Mulher (Cescrim), mobilizou quase mil mulheres de diferentes locais para exames preventivos e palestras de orientações sobre o câncer de mama e colo do útero, planejamento familiar e amamentação, além da colocação do implanon e testes rápidos de sífilis e HIV. Outubro é conhecido mundialmente como o mês da conscientização e do incentivo à participação do público feminino em ações que promovem a saúde e o bem-estar do corpo.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

O enfermeiro e supervisor técnico da Unidade de Saúde da Família (USF) do Belas Artes há 9 anos, Eudes Alberto da Silva Vitoriano, ressalta o impacto da campanha na Cidade. “Essa ação vem para complementar as atividades que realizamos todo o ano. Aqui, fazemos a coleta papanicolau, sempre aberta para toda a população. Não é necessário agendar, é livre demanda. A prevenção é o melhor remédio”.

Além de exames preventivos, profissionais voluntários de outras áreas ofereceram serviços à população, como corte de cabelo, manutenção das unhas, design de sobrancelha, massagem, entre outros. Roseli de Araujo Bovolin atua na área da psicologia há 24 anos e fez questão de participar das ações do Dia da Mulher. “O nosso trabalho é essencial, principalmente em um diagnóstico de câncer de mama. Imagine a importância do papel do psicólogo neste momento, que é o de aceitação”.

“O Outubro Rosa é o mês de prevenção do câncer de mama, mas decidimos dedicar este evento para a saúde da mulher, com vários exames. Disponibilizamos, todos os anos, um evento com ações voltadas à saúde do público feminino”, ressalta a médica ginecologista e coordenadora da Saúde da Mulher, Thais Octavio de Oliveira. “O Implanon, por exemplo, tem durabilidade de três anos e é inserido principalmente em pessoas em situação de vulnerabilidade social”.

ARTIGO CIENTÍFICO – Quando o assunto é saúde, na verdade o tema em questão é a própria vida. Um estudo publicado na revista Nature e que teve colaboração do Ministério da Saúde declarou que no ano de 2015, 2.075 mortes poderiam ter sido evitadas se as pacientes realizassem ao menos uma caminhada de 30 minutos por dia, cinco vezes por semana.

Isso porque um dos fatores que causam este tipo de câncer é o excesso de estrogênio, hormônio que pode levar à formação de mutações e carcinogênese estimulando a produção de radicais. A atividade física diminui o estradiol e aumenta a globulina de ligação a hormônios sexuais, provocando uma redução de circulantes inflamatórios e aumentando as substâncias anti-inflamatórias. O estudo ainda apontou que álcool, alto teor de açúcar e excesso de peso aumentam a mortalidade em 6,5% por câncer de mama.


Palavras-chave: , , ,