Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 12/11/2018 - Última modificação: 13/11/2018 - 17:46
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Empreendedores por um dia: alunos da E.M Maria Graciette finalizam projeto

EDUCAÇÃO - Iniciativa desenvolvida pelo Sebrae visa desenvolver e estimular o protagonismo juvenil desde a infância



Bianca Nunes Lira, do 5º ano, trabalhou juntamente com as colegas, Yasmin e Ana Caroline, para fazer os mousses que estavam à venda

Compartilhar:

Tamanho não é documento para empreender. Foi o que alunos da E.M Maria Graciette Dias mostraram na última sexta-feira (9) com a finalização do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). A iniciativa, que é desenvolvida pelo Sebrae, incentiva o protagonismo juvenil desde a infância. E para mostrar o que aprenderam em sala, os 1º e 5º anos da escola transformaram o local em pontos de venda. Enquanto uma sala vendia bolos e doces, a outra se empenhava na comercialização de mudas e aromatizantes.

Confira as fotos

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Vender, conferir o troco e garantir a qualidade do produto. Tudo isso pareceu fácil para os pequenos. Davi Pinho Bejar, de 11 anos, era o caixa responsável pela arrecadação de sua sala. Ele afirma que participar do projeto foi uma nova experiência. “Realizar o projeto foi muito divertido, aprendi que para empreender é preciso ser organizado, higiênico e ter planejamento”, comenta.

A professora Ângela Vieira, responsável pelo 5º ano, preparou os alunos para a ocasião e colocou em prática a teoria ensinada em sala de aula. “Por meio do projeto, as crianças tem a oportunidade de saber o que é empreender, quais são os requisitos necessários para se tornar empreendedor e o mais importante: ter planejamento. Além disso, eles passam a ter noção de lucro, levantamento de gastos e administração”, finaliza.

Bianca Nunes Lira, que também é do 5º ano, trabalhou juntamente com as colegas Yasmin e Ana Caroline para fazer os mousses que estavam à venda. Ela comentou sobre a preparação. “Foi maravilhoso participar e preparar os mousses para a feira. Com o projeto, aprendi que podemos utilizar as ocasiões a nosso favor e aproveitar para ganhar um dinheiro, como a chegada do verão”, ressalta.

Os alunos do 1º ano venderam bolos, mudas de plantas e aromatizantes. A professora Roseli Delmiro desenvolveu o projeto em sala e explicou sobre o empreendimento. ”A iniciativa do Sebrae para o primeiro ano trabalha com a temática aromas e cheiros, mas pensando em um trabalho de ciências que havia sido desenvolvido, pensei em atrelar as ideias e vender também mudas e aromatizantes”, comenta Roseli, que contou com a participação dos pais que ajudaram na doação das mudas e alimentos.

JOVENS EMPREENDEDORES PRIMEIROS PASSOS – O projeto é uma iniciativa do Sebrae que incentiva o protagonismo juvenil com temas direcionados a cada série. A ação se estende do 1º ao 9º ano onde são trabalhados os seguintes temas: “O mundo das ervas aromáticas” (1º ano), “Temperos naturais” (2º ano), “Oficina de brinquedos ecológicos” (3º ano), “Locadora de produtos” (4º ano) e “Sabores e cores” (5º ano). Já do 6º ano 9º ano, os temas são: “Ecopapelaria” (6º ano), “Artesanato sustentável” (7º ano), “Empreendedorismo social” (8º ano) e “Novas ideias, grandes negócios” (9º ano).


Palavras-chave: , ,