Generic selectors
Resultados exatos
Buscar por títulos
Buscar por conteúdo
Buscar
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
Administração
Assistência e Desenvolvimento Social
Comunicação Social
Desenvolvimento Econômico
Educação, Cultura e Esportes
Fazenda
Fundo Social
Gestão e Controle
Governo Municipal
Habitação
Leia Mais
Mais Notícias
Negócios Jurídicos
Obras e Desenvolvimento Urbano
Planejamento e Meio Ambiente
Procuradoria Geral
Relações do Trabalho
Saúde
Sem categoria
Serviços e Urbanização
Trânsito e Segurança Municipal
Turismo
Publicado em: 14/11/2018 - Última modificação: 20/11/2018 - 17:19
comunicacao@itanhaem.sp.gov.br

Dançarino coleciona conquistas ao longo de 17 anos de carreira

INSPIRAÇÃO - Profissional que iniciou na dança em 2001, já ganhou diversas competições e prêmios fora do país



De 23 a 25 de novembro, o dançarino se apresentará no Uruguai juntamente com o grupo Action Breaks

Compartilhar:

Com uma carreira recheada de conquistas, prêmios e histórias para contar, o coordenador do Núcleo de Atividades Culturais e Esportivas do Guapurá, Fernando Ferreira Curcio, adquiriu mais uma conquista em sua trajetória. Isso porque o dançarino de danças urbanas, especificamente Breaking, esteve em Berlim, na Alemanha, dando um workshop para dançarinos profissionais, amadores e iniciantes. O profissional participou do ‘The Cyphers Jam’, evento que celebra a cultura do hip-hop.

Siga a Prefeitura de Itanhaém no Instagram e no Facebook

Convidado pela organizadora do evento, Fernando deu o workshop no dia 21 de outubro e saiu do local com mais uma missão: estar presente no ‘Arts Festival’, iniciativa que será realizada na cidade de Frankfurt, também na Alemanha, no próximo ano.

O menino que aprendeu o primeiro passo de dança com sua mãe, hoje realiza sonhos inimagináveis. Dançarino desde 2001, Fernando vem construindo laços a partir de iniciativas realizadas com o intuito de apresentar as danças urbanas a outras pessoas. Um exemplo é o grupo Action Breaks, fundado em 2009, composto por crianças e adultos que possuem interesse no Breaking. Além disso, o profissional também dá aula para pessoas da terceira idade.

Aos 31 anos, o dançarino conclui que a dança o transformou como pessoa. “Eu vejo a dança como uma ferramenta de inclusão. Quando jovem enfrentei dificuldades para me realizar pessoalmente, e o breaking me proporcionou viver tudo o que procurava. Amei de tal forma que mudou a minha vida”, comenta.

Como B-boy, diretor e coreógrafo, Fernando acumula emoções e orgulho dos grupos de dança que direciona, como o Action Breaks kids que se apresentará pela primeira vez no Uruguai, onde ele também vai estar de 23 a 25 de novembro. O trabalho com as crianças tem o intuito de integrar jovens e adolescentes para que busquem por coisas boas e grandes oportunidades.

No Núcleo de Atividades Esportivas do Guapurá, o profissional que é integrante da Associação de Dança de Itanhaém tem uma parceria com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, na qual as crianças do bairro têm a oportunidade de conhecer o Breaking e participar das aulas que acontecem no local.

Juntamente com os grupos por onde passou e atua, Fernando já ganhou e participou de competições que envolviam pessoas de diversos países. Em 2010, com somente um ano de grupo, o Action Breaks esteve presente em um campeonato em Las Vegas. No ano de 2013, o dançarino foi o primeiro brasileiro da Baixada Santista a participar de um campeonato em Portugal. Já em 2015, foi o primeiro brasileiro a vencer o campeonato ‘Duelo de Estilos’ da América Latina.


Palavras-chave: , ,